Ordenação presbiteral de padre José Maria é realizada em Rio Espera

04/09/2017 às 10h09

Familiares e amigos marcaram presença na Ordenação Presbiteral do padre José Maria Dias, ordenado por Dom Geraldo Lyrio Rocha, na manhã do último sábado (2), na igreja Nossa Senhora da Piedade, em Rio Espera, Região Mariana Centro. Também estiveram presentes o bispo emérito de Divinópolis, Dom José Belvino, e cerca de cem padres.

Na celebração, Dom Geraldo orientou o mais novo padre da arquidiocese “José Maria, querido filho, você vai ser ordenado presbítero, então, preste atenção, você deverá cumprir em Cristo, que é Mestre, a função de ensinar. Transmita a todos a palavra de Deus, que você recebe. Meditando na lei do senhor, procure crer no que você ler. Ensinar o que você crer e praticar o que ensinar. Você vai exercer também em Cristo a função de santificar. Pelo seu ministério, o sacrifício espiritual atinge a plenitude unido ao sacrifício de Cristo. Por suas mãos será oferecido sobre o altar, quando você celebrar os santos mistérios da Eucaristia.”

Padre José Maria apresentou seus agradecimentos aos que estiveram presentes na sua caminhada até a ordenação e se emocionou ao lembrar de seus pais: “Quero neste momento agradecer a Deus pela família que Ele me concedeu, pelo meu pai e minha mãe, que estão juntos de Deus. Estão lá no céu celebrando também essa festa junto conosco porque a Igreja peregrina, que somos nós, está em comunhão com a Igreja triunfante daqueles que já se encontram junto de Deus”, expressou.

Ao agradecer o arcebispo de Mariana, o padre destacou que Dom Geraldo era para ele um milagre de Deus. “O senhor fez uma profecia na minha vida, não sei se o senhor lembra, no finalzinho de 2007, o senhor foi lá em Congonhas, celebrar uma missa, na hora do jantar eu contei um pouco para o senhor da minha história e o senhor falou para mim 'José Maria, vai dar certo'. Dom Geraldo, deu certo, está dando certo e continuará dando certo. Eu sei o carinho que o senhor tem por mim e isso me ajudou muito na minha caminhada”.

Emocionadas, assim como o primo e irmão, Bárbara Lucia Dias e Maria Aparecida Dias Cunha, expressaram a admiração pelo padre “José Maria é meu primo, não só hoje, mas desde sempre, ele é pra mim um exemplo, uma pessoa especial. Estar aqui hoje, participar desse momento, não tem como explicar”, afirma Bárbara. “Ele não é só um irmão não, ele sempre foi meu pai também. O momento de hoje é só felicidade e agradecimento a Deus”, disse Maria Aparecida.

A primeira missa presidida pelo padre foi no domingo (3), às 8h, na mesma igreja onde foi ordenado.

Confira mais fotos aqui


Voltar

Confira também: