Peregrinos do Caminho Religioso da Estrada Real chegam a Mariana

12/09/2017 às 15h35

Peregrinos da Romaria 550 do Caminho Religioso da Estrada Real (Crer) chegaram em Mariana nesta terça-feira (12). O grupo saiu do Santuário Nossa Senhora da Piedade, em Caeté, no dia 3 de setembro e segue para o Santuário de Aparecida, em São Paulo. A previsão de chegada é no dia 9 de outubro, sendo, ao todo, 37 dias de caminhada.

Além de lançar o Crer, a Romaria 550  comemora também os 250 anos de peregrinação ao Santuário Nossa Senhora da Piedade, padroeira de Minas Gerais, e os 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

“Estamos no décimo dia e está sendo bem tranquilo. Estamos parando em todas as cidades para envolver as comunidades e falar do caminho religioso. A nossa previsão é de 37 dias de caminhada, mas dá para fazer o Crer em 28 dias tranquilamente”, afirma o relações-públicas Cláudio Luiz de Carvalho Leão.

Mariana é a 12° ponto de parada dos peregrinos. Em cada cidade do percurso, os caminhantes vão carimbando o passaporte oficial do Crer. “O passaporte funciona como um registro de todos os lugares por onde a gente tem passado, além de ser um instrumento de segurança para nós. Pois cada ponto Crer que a gente passa e carimba o passaporte, é o registro de que o romeiro passou por ali. Essa é uma forma da família acompanhar a rota do caminhante. Iremos chegar a Aparecida carimbando, registrando todo os locais que passarmos”, conta a funcionária pública aposentada, Izabel Cristina Lage Duarte.

A rota, que pode ser feita a pé, de bicicleta, a cavalo e em jipes 4x4, em uma única viagem ou por etapas, tem cerca de 900 quilômetros e passa por 36 cidades, sendo 32 mineiras e 4 paulistas. Doze delas pertencem a arquidiocese de Mariana: Barão de Cocais, Casa Grande, Catas Altas, Cocais, Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Entre Rios de Minas, Mariana, Ouro Branco, Ouro Preto, Santa Bárbara e São Braz do Suaçuí.

“A pretensão do Crer é aproveitar a estrada real já demarcada e criar uma motivação religiosa para percorrer a estrada real. Então, o Crer liga a Serra da Piedade a Aparecida praticamente pelo caminho velho da Estrada Real. Valorizando este trajeto e apresentando uma forma religiosa de vivenciá-lo”, explica Cláudio Luiz.

Antes da peregrinação foi realizado um trabalho com as cidades que fazem parte do percurso para que em cada parada um grupo local pudesse acompanhar os peregrinos até o próximo ponta da rota. O grupo vai sair de Mariana na manhã desta quarta-feira (13) em direção a Ouro Preto, acompanhados de moradores da cidade.

Confira o percurso do Caminho Religioso da Estrada Real:

                                                                    


Voltar

Confira também: