Cartilha da 3ª Romaria das Águas e da Terra é divulgada

16/05/2018 às 14h49

A cartilha da 3ª Romaria das Águas e da Terra da Bacia do Rio Doce, que guiará as missões a serem realizadas de 28 de maio a 1º de junho nas comunidades de Ponte Nova, foi divulgada na sétima reunião de preparação da romaria, realizada na manhã desta quarta-feira (16), no Centro Pastoral da Região Mariana Leste, localizado em Ponte Nova. O subsídio também está disponível para download a partir de hoje.

A cartilha propõe um roteiro de reflexão para cinco encontros, divididos em: “O que é uma romaria?”, “Os córregos e o rio”, “O barco e os romeiros”, “Os remos e o piloto” e “O Porto e o mar”. A oração pela romaria também faz parte do impresso, que também traz salmos e partes da “Declaração dos Bispos das Dioceses da Bacia Hidrográfica do Rio Doce”.

Segundo o coordenador da Dimensão Sociopolítica da Arquidiocese de Mariana, padre Marcelo Santiago, o subsídio pretende orientar os agentes missionários em uma das iniciativas mais importantes da romaria: as missões populares. “As missões despertam, conscientizam e mobilizam as comunidades a se organizarem nessa consciência em vista da ecologia integral, tanto no meio social quanto no meio-ambiente. Isso vai nos ajudando a realmente concretizar a romaria”, afirma.

As missões acontecerão nas comunidades das três paróquias de Ponte Nova, sobretudo nas comunidades rurais, além das ribeirinhas. São esperados cerca de 50 missionários. A programação dos cinco dias inclui formação no dia 28 e, no final da tarde, ida às comunidades. Do dia 29 ao dia 31 de maio, serão realizadas visitas, panfletagens e reuniões nas comunidades. Encerrando a missão, no dia 1º de junho será feito a socialização e avaliação.

 

Reuniões em preparação

Na manhã desta quarta-feira (16), parte da equipe responsável pela romaria se reuniu com o prefeito da cidade de Ponte Nova, Wagner Mol Guimarães, e outros representantes da prefeitura para repassar as solicitações de apoio no evento, como banheiros químicos, barracas para feira agroecológica e da economia popular solidária, liberação de espaço em escolas municipais e outros assuntos.

Após a reunião com os representantes municipais, a equipe que acompanha os preparativos da Romaria desde outubro se reuniu para discutir os últimos ajustes. Vinte e oito pessoas, entre padres, representantes da comissão de Meio Ambiente da Província Eclesiástica de Mariana, lideranças das paróquias de Ponte Nova, das regiões pastorais da arquidiocese, de organismos e movimentos sociais e populares estiveram presentes.

 

Romaria das Águas e da Terra da Bacia do Rio Doce

Realizada pela Província Eclesiástica de Mariana, a terceira edição da romaria será acolhida pela Arquidiocese no dia 3 de junho, em Ponte Nova, e refletirá o tema “Bacia do Rio Doce, nossa Casa Comum” e o lema “Cuidando da Terra e Plantando Água, com Justiça e Soberania Popular”.

2ª Romaria das Águas e da Terra, realizada em CaratingaA caminhada deste ano percorrerá 3,5km em torno do Rio Piranga. Os romeiros também vão participar de uma missa na Praça das Palmeiras, no Centro da cidade. A programação completa está disponível no final desta publicação.

Desde 2016, impulsionada pelo Rompimento da Barragem de Fundão, da Empresa Samarco, a Província de Mariana promove a Romaria das Águas e da Terra da Bacia do Rio Doce e conta com a participação de outras dioceses banhadas pelo rio: Guanhães (MG) e Colatina (ES). Segundo a integrante da Comissão do Meio Ambiente da Província de Mariana, Lucimere da Silva Leão, a romaria não acontece somente na data agendada: “A importância maior da romaria é o processo de organização, os debates, o envolvimento, as missões, que tem um peso grande, e o pós-romaria: o que fica, qual o debate que continua na província”, afirma.

O coordenador da Dimensão Sociopolítica, padre Marcelo Santiago, reforça o convite para que toda a Arquidiocese participe: “Queremos convidar a todos, nossas lideranças eclesiais e pastorais, em todos os cantos da Arquidiocese de Mariana, para estarmos juntos celebrando a Terceira Romaria das Águas e da Terra da Bacia do Rio Doce. A romaria é a nossa oração, a nossa caminhada orante e profética à serviço da vida e da esperança. Organizem as suas comunidades para que possamos estar juntos no dia 3 de junho, em Ponte Nova, às 7h da manhã”.

 

Confira a programação completa:

7h – Acolhida no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG) – Campus Ponte Nova, com café e muita animação.

8h – Abertura/Oração, falas e testemunhos e início da caminhada pelo centro da cidade até à Praça Palmeiras.

11h30 – Missa presidida por Dom Geraldo Lyrio Rocha

13h – Almoço para todos.

Usar roupa confortável e levar prato, caneca e talheres. Não haverá descartáveis.


Voltar

Confira também: