Grupo de base da Pastoral Afro Brasileira, em Carandaí, discute discriminação racial

08/06/2017 às 11h40

O grupo de base da Pastoral Afro Brasileira da paróquia Sant’Ana, em Carandaí, Região Pastoral Mariana Sul, realizou na noite dessa quarta-feira (7) um encontro na comunidade Moreiras, cujo patrono é São José. A comunidade é majoritariamente composta por negros e está localizada aproximadamente a 20 km distante do centro do município.

O encontro foi subsidiado por um material cuja construção seguiu a metodologia dos roteiros de grupo de reflexão. O tema central das discussões foi o racismo, suas diversas formas de manifestação e estratégias para superá-lo.

“Cerca de 30 pessoas participaram deste momento de partilha de vivências, onde foi possível perceber o quanto é frequente os episódios racistas e como as vítimas da discriminação se sentem silenciadas e incapazes de reagir”, explica Izaías Amaral, membro da Pastoral.

Este foi o primeiro de uma série de encontros que o grupo de base planeja realizar para discutir a discriminação racial nas diversas comunidades da paróquia.

                                                                      


Voltar

Confira também: