Agosto, mês das vocações

08/08/2017 às 15h51

Agosto é o mês vocacional! O desejo da Igreja no Brasil, neste mês, é motivar e promover um grande mutirão de oração pelas vocações nas comunidades, paróquias e dioceses. Pretende ainda propor uma reflexão às crianças, adolescentes, jovens e às famílias, sobre o chamado de Deus na vida de cada pessoa e no serviço à sua Igreja; em sintonia com o Ano Mariano, proposto pela CNBB, cujo tema é: “A exemplo de Maria, discípulos missionários” e o lema: “Eis-me aqui, faça-se!”

Na Bíblia e na Tradição da Igreja, Maria é reconhecida como modelo no discipulado e na missão. O lema escolhido, retirado do evangelho de Lucas 1,38, é o grande registro da disposição de Maria em acolher a proposta de Deus. Sua disponibilidade diante da proposta de ser a mãe do Salvador e suas atitudes, como a visita a sua prima Isabel e em todas as vezes que acompanhou Jesus, demonstram um verdadeiro discipulado.

Assim como nossa mãe Maria, é preciso intimidade com o Senhor, escutar e guardar sua Palavra, acompanhar seus passos. E, diante das incertezas e dificuldades, apresentar para Jesus toda nossa existência: “Fazei o que Ele vos disser” (Jo2,5).

Todos nós, quando nos colocamos em atitude de oração, quando nos colocamos à disposição de Deus, quando estamos atentos aos sinais de Deus e acolhemos a colaboração da Igreja; estamos dizendo “sim” ao chamado do Senhor. Por isso, o discípulo missionário é alguém alegre e disposto a colaborar na obra da evangelização.

A vocação será sempre um abrir-se à vontade de Deus e um lançar-se na missão. É por isso que, durante todo este mês, queremos rezar e agir para que mais pessoas se disponibilizem para o serviço ao Senhor nas mais variadas formas: na vida consagrada, sacerdotal, leiga, missionária, etc.

Na Arquidiocese de Mariana, este mês ganha uma maior expressão porque estaremos encerrando o “Ano da Vocação Sacerdotal”, comemorando os 50 anos de vida sacerdotal do nosso Arcebispo Dom Geraldo Lyrio Rocha. Por isso, o Serviço de Animação Vocacional (SAV) está motivando os diversos grupos de serviços, pastorais, e movimentos a refletirem a temática da vocação. Sugere algumas ações que poderão ser realizadas ao longo do mês.

A CNBB e Arquidiocese disponibilizam vários materiais. Assim, como sugestão, encaminhamos para as paróquias algumas propostas de ação que poderão ser realizadas ao longo do mês.

Que Maria, modelo dos discípulos missionários, nos encoraje na missão de promotores vocacionais.

Pe. Thiago José Gomes

Assessor do Serviço de Animação Vocacional da Arquidiocese de Mariana


Voltar

Confira também: