quinta-feira

, 18 de agosto de 2022

01/05/2020

01 de maio de 2020

1° de Maio, Dia Mundial doTrabalho. A memória litúrgica de São José Operário foi instituída pelo papa Pio 12, em 1955. Diferente dos animais domesticados, que não trabalham, mas desenvolvem atividades, o ser humano trabalha, dá vida à obra de suas mãos. Criado à imagem e semelhança de Deus, é chamado a frutificar o amor, a bondade, a solidariedade e a paz. As plantas e animais de toda espécie, tudo lhe é entregue para que o labor de sua mente, coração e mãos possa dar frutos.O trabalho tem sua origem em Deus e Jesus também trabalhou. Era tido como o filho do carpinteiro. Ficam escandalizados com ele em sua terra, embora admirados com sua sabedoria e seus milagres. Neste dia, em que nos anos anteriores, as empresas e quem tinha condições ofereciam festas regadas com bebidas e comidas especiais, os trabalhadores(as) protestavam nas ruas por melhores condições de trabalho, salário digno e igualdade. Em nossa arquidiocese, a romaria, preparada com meses de antecedência, conduzida pelos agentes de pastorais, movimentos populares, sociais e outras entidades e organismos ditavam o tom. Neste ano, sem manifestações de rua, o apelo é pra ficar em casa no cuidado mútuo, mas também valorizar todos(as), que de um modo ou de outro protegem, defendem e promovem a vida. São José, padroeiro dos trabalhadores(as), rogai por nós.

Pe. Geraldo Barbosa

Agenda

VEJA TAMBÉM