segunda-feira

, 15 de agosto de 2022

02/11/2019

02 de novembro de 2019

Hoje celebramos a memória dos nossos entes queridos e de todos os fiéis defuntos. Pessoas que passaram pela nossa vida, deixaram marcas, bens especiais, heranças imperecíveis. Viveram as obras de misericórdia, deixaram- se conduzir pelo Espírito de Deus, confiaram em sua bondade sem limites e hoje participam do banquete mais do que de finas iguarias, preparado pelo próprio Deus, que eliminou para sempre a morte e “enxugará as lágrimas de todas as faces”. Esta é a nossa fé e nossa esperança. Um dia vamos morrer também, ou melhor passar pela morte. Esperemos e confiemos no Senhor, alegremo- nos e exultemos. Ele se lembra sempre de nós, alivia nosso coração das angústias e nos liberta das aflições. Somos seus filhos, herdeiros e coerdeiros de Cristo. Se sofremos com Ele, com Ele seremos glorificados. Para isso, praticar as obras de misericórdia é essencial, pois o que fizermos ou deixarmos de fazer aos mais pequeninos e excluídos é a Ele que estaremos fazendo, ou deixando de fazer.

Pe. Geraldo Barbosa

Agenda

VEJA TAMBÉM