quinta-feira

, 11 de agosto de 2022

03/04/2020

03 de abril de 2020

Primeira sexta-feira do mês, memória do Sagrado Coração de Jesus. Dia de penitência e muitos fazem jejum, abstinência de carne, ou algum outro tipo de sacrifício. A principal penitência veio sem pedirmos e até contra nossa vontade. Enfrentar um vírus, que se tornou pandemia, obrigação das pessoas ficar em casa, sofrimento, dor, angústia, insegurança, morte, luto e tantas outras situações vividas neste mundo de Deus, nossa casa comum. Jeremias é um dos profetas, que mais sofreu perseguições, injúrias e maus tratos. Confia em Deus, que prova o homem justo e vê os sentimentos do coração. O Senhor é sua rocha, força, refúgio e Salvador. Jesus também é perseguido, ameaçado de morte, acusado de blasfêmia, sofre mais do que o profeta. É o Filho de Deus, “a quem o Pai consagrou e enviou ao mundo”. Suas obras demonstram quem Ele é. Só fez o bem e os que acreditaram e acreditam Nele passaram e passam a viver uma nova vida. Na intenção universal do mês, proposta com antecedência pelo papa Francisco a oração “para que todas as pessoas sob a influência de dependências sejam bem ajudadas e acompanhadas”. Unidos com o papa Francisco, rezemos também por todos os infectados pela COVID-19, pelos que se doam incansavelmente no exercício da profissão e da missão em salvar vidas e cuidar para que não falte o necessário para que os demais vivam com dignidade, saúde e paz.

Pe. Geraldo Barbosa

Agenda

VEJA TAMBÉM