domingo

, 14 de agosto de 2022

04/06/2020

04 de junho de 2020

Prende- se a pessoa, não a palavra. Quem sofre até às algemas, como malfeitor, por fazer o bem é realmente livre. A fé na ressurreição sustenta nas adversidades, angústias e sofrimentos. Merece fé a Palavra de Deus: se com o Cristo morremos, com Ele viveremos; “se com Ele ficamos firmes, com Ele reinaremos; se o negamos Ele nos negará; mas se lhe formos infiéis, Ele permanece fiel, pois não pode negar-se a si mesmo.” O amor a Deus de todo o coração, de toda a alma, de todo entendimento e com toda a força e o amor ao próximo como a si mesmo é melhor do que todos os holocaustos e sacrifícios. Vivendo este amor, estamos próximos do reino de Deus.

Pe. Geraldo Barbosa 

Agenda

VEJA TAMBÉM