domingo

, 07 de agosto de 2022

11/05/2020

11 de maio de 2020

A Sagrada Escritura é sinal de salvação para os judeus em Cristo Jesus, mas muitos se fecham em suas interpretações particulares e não se convertem. Para os os pagãos, na época de Paulo e Barnabé, a leitura dos sinais da presença de Deus na natureza não é suficiente para que creiam. Confundem os apóstolos com suas divindades, quando presenciam a cura de um homem paralítico. E hoje, diante do ateísmo do mundo moderno e secularizado, quais os sinais que possam falar de Deus? “Uma Igreja despojada, pobre, solidária com os que sofrem, cristãos engajados na construção de uma cidade mais humana e fraterna, pacífica e justa”, serão sinais distintivos do amor de Deus (Missal Cotidiano). Quem acolhe e observa os mandamentos de Jesus corresponde ao seu amor e manifesta a Santíssima Trindade. Torna-se morada de Deus uno e trino.

Pe. Geraldo Barbosa

Agenda

VEJA TAMBÉM