segunda-feira

, 15 de agosto de 2022

12/03/2020

12 de março de 2020

Em quem confiar, em Deus ou no homem, nos bens espirituais ou materiais, na partilha ou no acúmulo? A Palavra de Deus é clara: “maldito o homem que confia no homem e faz consistir sua força na carne humana…Bendito o homem que confia no Senhor, cuja esperança é o Senhor”. O pecado do homem rico foi ignorar o pobre, chamado Lázaro (nome que significa: Deus é favorável), que não conseguia se alimentar nem com as sobras que caíam da mesa do rico, pois os cachorros se antecipavam e ainda lhe lambiam as feridas. Cristo ressuscitou, apareceu aos discípulos e a tanta gente, continua enviando- nos inúmeros sinais. Se não praticarmos as obras de misericórdia não entraremos no Reino dos Céus. “Uma Igreja samaritana, sinal e expressão da caridade de Cristo, vê além das aparências e para além das circunstâncias…Em todo o tempo é tempo de fazer o bem. Para quem vive o mandamento do amor cáritas, sempre é tempo de cuidar, pois o próximo é quem cuida com misericórdia”( Texto base da CF 2020 – N°122).

Pe. Geraldo Barbosa 

Agenda

VEJA TAMBÉM