domingo

, 07 de agosto de 2022

16/06/2020

16 de junho de 2020

Já é difícil amar o próximo, mas se amamos apenas quem nos ama, não faz sentido ser cristão. O ideal Jesus exorta: sermos perfeitos como o Pai celeste é perfeito. Perfeição cultivada no perdão concedido a Acab, que se arrepende do roubar e assassinar o pobre Nabot. No sétimo dia da novena do Sagrado Coração de Jesus, dedicado aos enfermos, unimo- nos com as comunidades São Judas Tadeu e São Geraldo e também com os agentes das pastorais sociais Sobriedade, Carcerária e Vicentinos para vivermos “a compaixão, compromisso de amor para com o próximo e os sofredores”.

Pe. Geraldo Barbosa

Agenda

VEJA TAMBÉM