segunda-feira

, 15 de agosto de 2022

20/04/2020

20 de abril de 2020

Neste tempo em que muita gente sofre por causa da COVID-19, o que mais se precisa no extremo da agonia, não é de dinheiro, poder, prestígio e sim de ar e respiração. Nicodemos, chefe judaico e fariseu, tinha prestígio, bens materiais, mas não satisfazia sua sede de sabedoria e busca da verdade. Entende “ao pé da letra”, quando Jesus o exorta a nascer do alto, da água e do Espírito para ver o Reino de Deus. Sem respiração, morremos. O Espírito, comparado como um “um vento incessante, que sopra onde quer”, é o ar de que precisamos para sobreviver e viver uma vida nova. Este mesmo Espírito move os discípulos a louvar e reconhecer a obra maravilhosa de Deus, criador do céu, da terra, do mar e de tudo o que neles existe. O Espírito os fortalece no anúncio corajoso da Palavra de Deus e na realização de “curas, sinais e prodígios por meio do nome de Jesus”. Todos os que põem a esperança no Senhor são felizes.

Pe. Geraldo Barbosa

Agenda

VEJA TAMBÉM