domingo

, 14 de agosto de 2022

25/01/2020

25 de janeiro de 2020

Toda conversão gera mudança, restauração, vida nova. A de Saulo para Paulo, depois da experiência singular do encontro com Jesus, ficou marcada para sempre, não só na sua vida pessoal, mas de toda a Igreja. O perseguidor passa a ser discípulo e torna-se o apóstolo das gentes/povos pagãos, missionário do Evangelho a toda criatura. Sem ter tido a experiência que os doze tiveram, foi mais além a ponto de exprimir: “não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim”. Possamos imitá- lo na humildade, zelo, coragem, desprendimento, ousadia e em outras virtudes, pois comprovado é o amor de Deus para conosco ” para sempre ele é fiel”.

Há um ano, a tragédia criminosa de Brumadinho. Vidas que não voltam mais e as indenizações e mudanças, por maiores e melhores que sejam, jamais cobrirão o vazio. As feridas deixadas continuarão clamando por um novo mundo, onde a ganância, o lucro e a exploração não sejam mais importante que a vida.

Pe. Geraldo Barbosa

Agenda

VEJA TAMBÉM