sábado

, 20 de abril de 2024

27/10/2019

27 de outubro de 2019

As súplicas e ofertas dos pobres, humildes, simples, órfãos, viúvas e de todos os que confiam em Deus são atendidas e aceitas. Por outro lado, quem se acha justo, e até mesmo seguindo a lei, além do que precreve, como prática de jejuns, orações e dizimos, não tem suas orações e ofertas aceitas, pois confia na própria justiça e despreza os outros. “Quem se eleva será humilhado e quem se humilha será elevado.” Paulo nos dá um exemplo singular e nos ajuda a todos no plural, se queremos agradar a Deus. De fariseu autêntico e fiel, considera tudo como perda. Combateu o bom combate da fé com as armas da humildade, caridade, fé e esperança. Tem confiança de que a graça de Deus não foi em vão na sua vida e missão. Não nos sintamos superiores a ninguém, muito menos julguemos os outros.No encerramento do Sínodo da Amazônia, procuremos estudar, aprofundar, conhecer bem as propostas e assumirmos a verdadeira comunhão com o papa Francisco na defesa dos mais pobres, excluídos e injustiçados.

Agenda

VEJA TAMBÉM