sábado

, 25 de maio de 2024

Agentes das Pastorais da Saúde e da Criança da Região Mariana Sul participam de momento de espiritualidade

15 de maio de 2024 Arquidiocese

Agentes das Pastorais da Saúde e da Criança da região Mariana Sul participaram no último dia 4 de maio de um momento de espiritualidade promovido pela coordenação regional da Dimensão Sociopolítica Evangelizadora. O encontro foi realizado na Congregação das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora das Vitórias, em Barbacena (MG).

Apesar de pouco participativo, o encontro foi um momento importante para reanimar os agentes em suas atividades pastorais. “Foram poucos presentes, mas os que estiveram saíram renovados. Fomos muito bem acolhidos pelas Irmãs, como sempre. Com certeza, os agentes presentes saíram mais preparados após essa experiência”, afirmou a assessora do encontro, Irmã Arlene Simões.

Para a Coordenadora Regional da Pastoral da Saúde, Cida Mendes, esse momento de espiritualidade representou um momento forte e íntimo com Deus e de aprender, como Maria, a ouvir os ensinamentos do Mestre.

“Ouvi a voz do Espírito Santo no meu coração, me tocando, e me fez perceber que muitas vezes estive na posição de Marta, nos ‘afazeres’: buscando resolver. Sei que a ação é importante e tem o seu lugar, além de fazer parte da oração, mas é necessário parar, ouvir, apreciar o que Jesus tem para me falar, assim como Maria o fez na leitura que meditamos. Foi isso que me permiti fazer nesse momento de espiritualidade.  Nessa parada, o Espírito Santo me mostrou que preciso de vários ajustes, mas estou confiante que, com a ajuda Dele e me inspirando em Maria na passagem do Evangelho de Lucas, conseguirei tratar dessas arestas e me curar, buscando a melhor parte, que é a proximidade cada vez maior com Jesus Cristo para melhor servir em sua obra e a missão que Ele me confiou”, descreveu Cida.

As pastorais Sociais da Região Mariana Sul têm programação de Retiros Espirituais, como o que aconteceu no dia 4, durante o ano de 2024. A proposta é, segundo o Vigário Episcopal da Região, Padre Adelson Laurindo Sampaio Clemente, que os agentes e membros de pastorais consigam entender cada vez mais seu papel enquanto missão, voltando a fé para todo serviço oferecido à Igreja.

Texto e foto: Ana Paula Mendes dos Santos