sexta-feira

, 19 de julho de 2024

Agentes das pastorais sociais da Região Mariana Sul participam de formação

14 de junho de 2024 Arquidiocese

A Dimensão Sociopolítica de Evangelização da Região Mariana Sul realizou no último sábado, 8 de junho, uma reunião formativa para os agentes das pastorais sociais e movimentos.

Com orientação da Assessora Regional da Dimensão, Irmã Arlene Simões, e reflexão do Padre Ronaldo Furtado, Pároco da Paróquia Nossa Senhora das Dores no distrito de Senhora das Dores e assessor Arquidiocesano da Pastoral da Sobriedade, os participantes puderam partilhar experiências e entender um pouco mais sobre a Doutrina Social da Igreja.

O encontro contou com a presença de representantes das pastorais Afro-Brasileira, Criança, Carcerária, Saúde e Sobriedade, além da Sociedade São Vicente de Paulo (SSVP), mais conhecidos como Vicentinos. À ocasião, os participantes compartilharam suas experiências na caminhada pastoral, bem como usufruíram das informações apresentadas pelos assessores da reunião.

Um dos pontos fortes da manhã formativa foi a discussão sobre a interação entre todas as pastorais a fim de trabalhar organicamente com foco na evangelização e propagação da Palavra de Deus.

O momento também foi de apresentar os novos membros da Coordenação Regional da Dimensão Sociopolítica de Evangelização: Noeli Auxiliadora, agente da Pastoral da Saúde, e Lenici Florêncio da Costa, integrante da Dimensão Sociopolítica. Além das duas paroquianas da Paróquia Bom Pastor, em Barbacena, a equipe é formada por Cláudia Volpini, da Pastoral Carcerária, e Leila Medeiros, representante das Casas de Assistência.

Para Noeli, “ser chamada para ajudar alguém é muito bom. Temos que ir sem pensar em nada em troca. Agora ser chamada para uma coordenação é um chamado de bênção: nos envolvemos com Deus e seu povo para nos unirmos ainda mais de forma gratificante e abençoada. Gosto de ajudar e fazer o bem e que Deus nos abençoe em nossos chamados”, declarou sobre sua nova missão.

Na avaliação do agente da Pastoral Afro-Brasileira Nivaldo Paulino Teodoro, da Paróquia Sant’Ana em Carandaí (MG), o encontro formativo foi produtivo, destacando a necessidade das pastorais sociais interagirem organicamente. “Somente assim, de fato, atenderemos as demandas encontradas nos caminhos de nossas ações enquanto assistentes e agentes”, disse.

Ao final da manhã, Irmã Arlene aproveitou para informar aos agentes presentes sobre a agenda da Dimensão Sociopolítica na Arquidiocese de Mariana, lembrando a data do Grito dos Excluídos e Excluídas, em 7 de setembro, em Congonhas (MG), e o Dia Mundial dos Pobres, em 17 de novembro. Na oportunidade, ela solicitou aos presentes que pensem na organização desta última data a nível regional.

Texto e foto: Ana Paula Mendes dos Santos