domingo

, 07 de agosto de 2022

Alunos do curso extensão em Psicologia Relacional trabalham com arteterapia em Barbacena

25 de novembro de 2019 Arquidiocese

Os alunos do curso de Psicologia Relacional do polo de Barbacena da Faculdade Dom Luciano Mendes desenvolveram um trabalho de arteterapia. O intuito da iniciativa foi finalizar o curso com um trabalho de motivação para os alunos, além de ser uma imersão na arteterapia como forma de manifestar suas emoções.

Segundo o psicólogo Dione Rodrigo Dias, professor da turma, “num mundo que todos estão tão envolvidos com o celular, a ideia foi levar os alunos a transformar alguns materiais em arte e junto a isso que cada um prestasse atenção em si, colocando seus sentimentos no trabalho que desenvolviam”.

O trabalho realizado pela turma uniu fé e arte. Cada aluno confeccionou um oratório utilizando vidro e materiais reciclados. “Os oratórios faziam parte das casas das pessoas e construir um foi uma forma de resgatar essa herança que por vezes se perdeu no nosso meio e que tem tanta representatividade no âmbito da fé e das emoções. Cada um buscou aquele santo que muitas vezes acompanha seu nome, a história da sua família ou até mesmo alguma experiência de fé para fazer o oratório”, explicou Dione.

Para a aluna Valéria de Jesus a ideia dessa aula foi muito boa. “Achei formidável a experiência. Como foi partilhado na sala, cada um teve a oportunidade de expressar seus sentimentos naquele momento de entrosamento, naquele momento de se fazer arte. Foi emocionante observarmos como cada um tem um dom, as vezes esquecido num cantinho da memória, e como é possível fazermos tantas ‘tralhas’ virarem arte.  No fim, foi isso que todos vivenciamos, até mesmo sem nos dar conta, tiramos algumas bagunças internas, aprendemos a reativar nossas memórias afetivas, a  ressignificar certas situações e a nos transformar, ou pelo menos iniciarmos nossa transformação com o modo ver o mundo e a nós mesmos”, disse.

A aluna Flávia Borges afirmou que a aula foi uma forma de se expressarem. “Estamos vivendo um tempo onde nos esquecemos de como é bom parar, respirar calmamente e mergulhar toda nossa atenção em um único foco sem que nada nos roube a atenção. Foram esses sentimentos vividos e compartilhados na aula do curso de Psicologia Relacional  com o trabalho de arteterapia. Tivemos a oportunidade de nos expressarmos por meio da arte de forma subjetiva e inspirados em nossas próprias vivências. E o resultado produziu frutos externos e internos, pois experimentamos um pouco do silêncio criativo, do foco produtivo e da alegria em fazer arte com nossas próprias mãos e isto mexeu com todos nós! Uma experiência que merece ser repetida”, relatou.

Segundo Dione Dias, “esse trabalho foi um grande momento de partilha e agradecimento. Foi momento de analisar os frutos que o curso trouxe para cada um e ao mesmo tempo foi momento de agradecer a Deus.” Além dos oratórios, os alunos também fizeram um porta retrato nos vidros de uma foto que lhe trouxesse memória afetiva.

Agenda