sábado

, 20 de abril de 2024

Aniversário de ordenação episcopal de Dom Airton José dos Santos é marcado por homenagens durante cerimônia realizada na Catedral Basílica Nossa Senhora de Assunção, em Mariana (MG)

03 de março de 2023 Arquidiocese

“Tudo te entreguei, nada me restou. Livre eu fiquei para te amar, meu Deus. Tudo me pediste, nada eu te neguei. Hoje eu sou feliz assim. Tenho a ti, Meu Deus”. 

Foi com a canção “Juras de amor por Deus”, que a Coordenadora leiga paroquial, Suely Gomes, introduziu a sua homenagem ao Arcebispo Metropolitano, Dom Airton José dos Santos, durante a missa de celebração do seu Aniversário de ordenação episcopal realizada, na noite de quinta-feira, 02 de março,  na Catedral Basílica Nossa Senhora de Assunção, em Mariana (MG). 

“Nós estamos felizes, Dom Airton, com a sua presença na nossa Arquidiocese. Que a comemoração dessa data tão significativa para o senhor e, com certeza, para nós, suscite em nós a consciência de que somos convocados por Deus a dar o nosso sim a nossa missão também, na missão da igreja, para que Jesus Cristo, filho de Deus, seja cada vez mais amado, ouvido e servido por todos nós. Rogamos a Deus e ao Espírito Santo que lhe dê saúde, força  e sabedoria para continuar a exercer a sua missão. Que Nossa Senhora da Assunção, São José, abençoe grandemente seu ministério episcopal”, disse Suely Gomes. 

Com aplausos e mensagens de carinho, as homenagens continuaram durante a celebração, que contou com a presença de presbíteros da Arquidiocese de Mariana, seminaristas, fiéis, leigos e religiosos para parabenizar o Arcebispo Metropolitano pelos 21 anos de ordenação episcopal. 

Na oportunidade, o Padre Mauro Lúcio de Carvalho, Representante Arquidiocesano dos Presbíteros, em nome de todo o Clero, deu um abraço em Dom Airton, o presenteou com uma cesta de café da manhã, e manifestou o carinho dos religiosos e dos cristãos com o Arcebispo. 

Foto: Magu Tavares

“Como é bonito nesta Arquidiocese de Mariana receber o carinho do povo com os padres e esse carinho, ele é igual ao carinho, ao amor e ao respeito dos padres para com o Bispo. Em nome dos presbíteros da Arquidiocese de Mariana expresso a minha alegria e a minha gratidão a Deus por ter enviado o senhor para esse chão marianense. O senhor disse na homilia, que com 21 anos como Bispo, já está entrando na maioridade. Nós estamos felizes, porque vamos experimentar o exercício do ministério episcopal nessa maioridade, na maturidade, e nós contamos com o senhor na frente da nossa Arquidiocese, orientando os padres, orientando o povo de Deus. A palavra do Bispo para nós, padres, e também para o povo de Deus tem um peso muito significativo. Então, que bom esses 21 anos e tantos outros mais nessa maturidade episcopal que nós vamos desfrutar com o senhor. No final dessa palavra, quero abraçar o senhor e que nesse abraço o senhor receba o abraço de todos os padres da nossa Arquidiocese e certamente de tantos cristãos, leigos e leigas que nesse dia gostaria de ter a oportunidade de abraçá-lo. Muito obrigado pela presença do senhor entre nós”, destacou o Padre Mauro. 

Trajetória de Dom Airton José dos Santos durante os 21 anos de ordenação episcopal 

É importante lembrar que Dom Airton foi ordenado como Bispo, no dia 02 de março de 2002, em São Bernardo do Campo (SP). Ao longo desses anos de episcopado, Dom Airton atuou como Bispo Auxiliar da Diocese de Santo André (SP), Bispo Diocesano de Mogi das Cruzes (SP) e Arcebispo Metropolitano de Campinas (SP). Desde junho de 2018, Dom Airton é Arcebispo Metropolitano de Mariana. 

Em nostalgia com a sua trajetória, Dom Airton relembrou as cidades por onde passou e agradeceu a oportunidade de exercer o ofício em todos esses anos.  

“O que eu tenho a dizer é um agradecimento grande a Deus por ter me conservado até agora. E pedir evidentemente que eu continue um pouco mais. Meu tempo de permanência como Bispo Arquidiocesano está encurtando, porque com 75 anos o Bispo pede a renúncia. Esses 21 anos foram muito felizes. Então, um agradecimento grande a Deus e a todas as pessoas que fizeram parte desses 21 anos, de todas essas igrejas por onde passei, Santo André, Mogi das Cruzes, Campinas e, agora, Mariana. E eu peço que Deus me dê força e  coragem para continuar sendo pastor do povo de Deus aqui, nesta igreja particular de Mariana”, disse Dom Airton. 

 

Agenda