terça-feira

, 16 de agosto de 2022

Arquidiocese celebra a festa da sua padroeira

17 de agosto de 2020 Arquidiocese

“Hoje a nossa arquidiocese se alegra imensamente por sua padroeira, Nossa Senhora da Assunção”, disse o arcebispo de Mariana, Dom Airton José dos Santos, na celebração da Solenidade da Assunção de Maria deste domingo (16), no Santuário de Nossa Senhor do Carmo em Mariana. 

Na homilia, Dom Airton destacou que a Igreja proclamou essa verdade de fé para atestar aquilo que desde o princípio se  acreditava. “Maria Santíssima, mãe de Deus e nossa Mãe, não poderia experimentar corrupção. A primeira dentre os seres humanos que experimentou a glória da ressurreição. Cristo, o primogênito dentre todas as criaturas, aquele que foi elevado ao céu”, disse.

O arcebispo também explicou sobre o significado da Assunção de Nossa Senhora. “Jesus Cristo subiu aos céus por seu próprio mérito, por sua própria força, por isso nós dizemos ascendeu ao céu, nós celebramos a ascensão de Jesus Cristo. Quanto a Nossa Senhora, escolhida dentre todas as mulheres, a nova Eva, Ela foi levada aos céus. Ela não acendeu ao céus, ela foi levada. Não pelos méritos próprios, mas pela força do Altíssimo”, afirmou. 

“Nos alegramos intensamente neste dia celebrando a nossa padroeira, Nossa Senhora da Assunção recebeu este título e inspira, intercede, fortalece os seus filhos e filhas espalhados por essas terras da arquidiocese de Mariana e de outras Igrejas que a tem como padroeira. Fortalece a todos nós para vivermos segundo a vontade de Deus”, destacou Dom Airton.

Toda as celebrações da festa de Nossa Senhora da Assunção foram realizadas sem a presença dos fiéis e foram transmitidas pelas redes sociais. Durante a novena, os setenta anos da proclamação do dogma da Assunção da Virgem Maria e o Ano da Família também serão lembrados.

Agenda