terça-feira

, 16 de agosto de 2022

Arquidiocese de Mariana comemora 59 anos de dedicação da Catedral

15 de julho de 2022 Arquidiocese

A Arquidiocese de Mariana está em júbilo nesta sexta-feira, 15 de julho: nessa data, festejamos os 59 anos de dedicação da Catedral de Nossa Senhora da Assunção, a Igreja Mãe desta circunscrição eclesiástica

Presidido pelo terceiro Arcebispo Metropolitano de Mariana, Dom Oscar de Oliveira, em 15 de julho de 1963, o rito de dedicação é um antigo costume da Igreja Católica.

Em artigo publicado em 2018, o Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro, Cardeal Orani João Tempesta, explicou que compete ao Pastor de uma Igreja Particular dedicar os novos templos construídos dentro da sua (arqui)diocese, ou aquelas nas quais já se celebram o culto. 

Ainda, ele destacou que a celebração traz alguns elementos que revelam o mistério da Igreja: a aspersão, simultaneamente do povo e das paredes da igreja, a oração de dedicação e a unção do altar e das paredes da igreja com o Óleo do Crisma, a incensação do altar, do povo e das paredes, e, por último, após preparar o altar como de costume para a Santa Missa, “procede-se com a iluminação da igreja, onde se acendem as velas do altar e as velas que foram colocadas nas paredes da igreja onde o bispo assinalou com a unção. Daí a missa prossegue como de costume”, disse.

*Com informações do Cardeal Orani João Tempesta 

Agenda