domingo

, 07 de agosto de 2022

Arquidiocese e Prefeitura de Mariana assinam contrato para início da terceira etapa de restauração da igreja de Cachoeira do Brumado

11 de dezembro de 2019 Arquidiocese

Os fiéis de Cachoeira do Brumado, distrito de Mariana, estão mais próximos de ver a Igreja de Nossa Senhora da Conceição completamente restaurada. O contrato para o início da última etapa, que contempla elementos artísticos, foi assinado na manhã do último domingo (8), dia da festa da padroeira da paróquia. As obras começarão na primeira semana de janeiro e têm prazo de conclusão de 10 meses.

“Há muitos anos a comunidade sonha com o restauro da matriz. Eles anseiam, desejam a igreja reformada, restaurada, cuidada. Sabendo de toda essa história que ela possui, uma igreja de fato bonita e que os fiéis se alegram quando entram, quando rezam”, ressalta o pároco, padre José Geraldo de Coura.

Na cerimônia, realizada ao final da missa das 8h, o Prefeito de Mariana, Duarte Júnior ressaltou que a igreja é patrimônio de todos os católicos e que, portanto, precisa ser cuidada para as futuras gerações. O secretário de cultura, Efraim Rocha, definiu a matriz como uma relíquia e informou que ela será a primeira a ser oficialmente recuperada com a ajuda do município. Além dela, estão em restauração a igreja de Nossa Senhora da Conceição, de Camargos, a catedral basílica Nossa Senhora da Assunção, a igreja de São Francisco de Assis, a igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, a igreja Nossa Senhora da Glória, em Passagem de Mariana, e a igreja de São Caetano, em Monsenhor Horta.

Fiéis como Maria Elisa de Brito Araújo expressam a felicidade em ver mais uma etapa sendo iniciada: “A igreja está muito bonita, totalmente diferente do que era antes, artificial. A comunidade está muito feliz”.

 

Recursos

Por meio do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural (COMPAT), o município disponibilizou 498 mil reais para a reforma dos elementos artísticos da igreja.  A paróquia de Cachoeira do Brumado contribui com o valor de 72 mil reais. “É uma obra cara e a comunidade não tem fundos para cobrir essa restauração. Mas a paróquia também participa, contribui com recursos também para ajudar, claro que com um valor menor”, explica o padre.

 

Restauração

Esta última etapa contempla a restauração das arcadas, tribunas e cimalhas da capela-mor e da nave. “O forro da nave onde apresenta um quadrante central, com a representação da imagem de Nossa Senhora da Conceição também será restaurado. Só o centro que preservou o original, o restante foi substituído por madeira nova”, explica o conservador restaurador responsável pela obra, Rafael César da Cruz.

As duas credências, a escada de acesso da capela-mor, as balaustradas da nave e do coro também serão restauradas. O forro do coro e das tribunas laterais serão substituídos. “Hoje esse forro encontra-se com uma madeira contemporânea, madeira de pinos, que serão substituídas por madeiras de encaixe. A gente vai buscar referência no original, que é o forro da nave da capela-mor, tábuas mais largas”, expõe.

Rafael explica que o processo de restauração contemplará a remoção de duas camadas de tinta que encobrem a original por toda a igreja. “A gente fez isso nos retábulos, nos púlpitos e no arco e, assim como esses elementos que passaram por restauro agora, esses apresentam a mesma condição: ataques de insetos xilófagos [cupins] e as camadas de tintas”.

 

Histórico

A restauração na matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Cachoeira do Brumado, começou em 2013 com o restauro do forro da sacristia, no valor de 45 mil reais – feito com a ajuda da própria comunidade. Em 2015, teve início a parceria com a Prefeitura de Mariana, que resultou no restauro do retábulo-mor de Nossa Senhora da Conceição e dos dois colaterais, de Nossa Senhora do Rosário e de São Miguel Arcanjo. No começo deste ano foram restaurados o arco do cruzeiro e os dois púlpitos da nave.

 

Festa

Apesar da notícia do início da terceira fase do restauro da Igreja, a comunidade de Cachoeira do Brumado já tinha motivos para festa. No dia 8, os fiéis celebraram a padroeira. “A novena de Nossa Senhora da Conceição deste ano foi bem participada, houve um grande envolvimento das comunidades, tivemos também outras comunidades aqui da Forania que marcaram presença juntamente com os padres”, relata o pároco.

Este ano, a novena trouxe a reflexão das realidades da família, tendo como base o tema do Congresso Arquidiocesano da Pastoral Familiar: Família, compromisso com a vida, uma luz para a sociedade.

Veja mais fotos:

Agenda