sexta-feira

, 14 de junho de 2024

Bispos da América Latina e do Caribe participam da Assembleia do Celam

16 de maio de 2023 Igreja no Mundo

A 39ª Assembleia Geral Ordinária do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) começa na noite desta terça-feira, 16 de maio, e segue até o dia 20, em Porto Rico. Sediado na diocese de Mayagüez, conhecida como a porta do cristianismo em Porto Rico, o evento tem caráter eletivo e traçará os caminhos pastorais da Igreja no continente para os próximos quatro anos.

No âmbito das reflexões, os bispos devem discernir nesses dias os sinais dos tempos colocados pela realidade da América Latina e do Caribe, para projetar o quadriênio 2023 – 2027 à luz dos desafios da Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe, e no contexto do Sínodo da Sinodalidade.

Esta assembleia também tem caráter eletivo. Assim, os prelados, presidentes e secretários gerais convidados das 22 Conferências Episcopais da região deverão eleger aqueles que estarão à frente do organismo continental (presidente, dois vice-presidentes e secretário-geral). Segundo o Celam, estarão na diretoria do colegiado aqueles que “tomarão as rédeas do novo período para continuar consolidando a renovação e reestruturação, iniciada em 2019 com a Assembleia de Tegucigalpa”.

No aspecto da espiritualidade, a proposta é que os bispos vivenciem “uma experiência de oração compartilhamento da vida de fé e da comunhão eclesial, sob a proteção do Espírito Santo, desde nossa condição de discípulos e pastores”.

Eles devem aprofundar a natureza sinodal da Igreja, “como elemento do ser e da ação do Celam” e definir as orientações para o quadriênio 2023 – 2027, o que implica acordar as orientações pastorais da Assembleia Eclesial, realizada em 2021, e os desafios de uma Igreja sinodal em saída.

Mensagem do Papa Francisco

O Papa Francisco, por intermédio do cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado Vaticano, enviou uma mensagem a dom Miguel Cabrejos, arcebispo de Trujillo (Peru) e presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano e do Caribe (Celam), por ocasião da 39ª Assembleia Geral Ordinária do Celam, que se realiza em Porto Rico de 16 a 19 de maio.

Frutos abundantes para a Assembleia do Celam

Segundo a carta, “o Santo Padre agradece a mensagem que os bispos membros da presidência do Celam enviaram por ocasião da 39ª Assembleia Ordinária, e com a qual expressam o seu afeto fraterno, assegurando-lhe a sua recordação nas suas orações”.

Por intercessão da Santíssima Virgem Maria, “Vossa Santidade pede ao Senhor”, diz a mensagem, “que esta Assembleia dê abundantes frutos à Igreja peregrina na América Latina e no Caribe, para que esteja sempre pronta a servir, especialmente os pobres e os marginalizados, discernindo as inspirações do Espírito Santo, em sinodalidade com todo o povo santo de Deus”.

No final da mensagem, o Papa Francisco concedeu a sua Bênção Apostólica aos participantes da 39ª Assembleia Geral Ordinária do Celam, “que de bom grado estende a todos os que foram confiados ao seu cuidado pastoral”.

Uma mensagem em sintonia com o caminho do Celam

A mensagem pontifícia está em sintonia com o tema da 39ª Assembleia Geral Ordinária do Conselho Episcopal Latino-Americano e do Caribe, que tem como lema: “Colegialidade, eclesialidade e sinodalidade para a missão”. Também com o caminho promovido pelo Celam nos últimos anos, já que a Igreja da América Latina e do Caribepode ser considerada como uma das grandes promotoras da sinodalidade com todo o povo santo de Deus a que se refere o Papa Francisco.

Podemos dizer que a breve mensagem é, sem dúvida, um estímulo para a Igreja do continente neste momento em que serão marcadas as linhas a serem seguidas nos próximos anos, buscando fortalecer o processo de renovação e reestruturação do Celam iniciado na 37ª Assembleia Geral Ordinária realizada em Honduras em 2019.

Da mesma forma, o processo que está sendo vivido em relação ao Sínodo 2021 – 2024, do qual muitos veem um preâmbulo em um dos momentos mais marcantes da vida do Celam nos últimos anos, como foi a Primeira Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe, realizada no México em novembro de 2021, e considerada um exercício prático de sinodalidade.

Texto: Por CNBB e Padre Modino – CELAM

Imagem: CNBB