domingo

, 14 de agosto de 2022

Carta às Juventudes da Arquidiocese de Mariana

25 de março de 2021 Arquidiocese

Nesta quinta-feira (25), o padre Rodrigo Arthur Medeiros da Silva, Assessor Arquidiocesano da Equipe de Animação Juvenil, divulgou carta às Juventudes da Arquidiocese de Mariana. No documento, o sacerdote lembra que estava prevista para acontecer, no próximo domingo (28), a I Jornada Arquidiocesana da Juventude. Entretanto, o evento precisou ser cancelado devido à pandemia.

Leia a carta na íntegra:

Arquidiocese de Mariana, 25 de março de 2021,

Solenidade da Anunciação do Senhor.

Queridos jovens, Paz e bem!

Pensávamos  em  celebrar, presencialmente,  no  próximo  domingo  –  dia  28  de  março, Domingo de Ramos –, a nossa I Jornada Arquidiocesana da Juventude, com o objetivo de “promover a integração entre todas as expressões juvenis”, favorecer a comunhão dessas expressões com o Papa e com toda a Igreja, e, sobretudo, “fazer a pessoa de Jesus o centro da fé e da vida de cada jovem para que Ele possa ser seu ponto de referência constante e também inspiração para cada iniciativa e compromisso com a educação das novas gerações”, atendendo, assim, ao pedido do Papa Francisco para que nós, jovens, levantemo-nos e coloquemo-nos a caminho do futuro pensado por Cristo e agido com Ele, partindo do presente.

Infelizmente,  não conseguimos.  Mas,  sabemos  que o  momento  em que nos  encontramos inspira cuidados – cuidados individuais e coletivos – e que, como consequência desses cuidados, aparecem  a  distância  de  toda  aquela  rotina  com  a  qual  estávamos  acostumados  e  a  espera ligeiramente ansiosa para executarmos algumas atividades que planejamos.

Sabemos também que a inquietação é grande pela ausência de encontros, reuniões, formações, momentos de espiritualidade, de louvor, simplesmente de convivência, dentre tantas outras atividades que faziam parte do nosso dia a dia. A saudade do calor de um abraço, da acolhida, de um sorriso, do olho no olho é um grande desafio que muitas vezes temos que reduzir a uma tela de computador, tablet ou celular, quando possível – incluindo as SmartTVs.

Aceitar tudo isso, e ainda ter que conciliar estudo, trabalho e nossas atividades pessoais nesse “novo normal”, tem sido, é verdade, uma tarefa árdua, que faz com que muitas vezes nos encontremos desanimados, abatidos, com receio de não conseguir dar conta de tudo e até de ter que abrir mão de determinadas coisas.

Mas não desanimemos!!!! Continuemos firmes e fortes em nossas atividades on-line – agora mais do que antes, por causa da “Onda Roxa” –, dinamizando, através destas, inclusive nossas pastorais, nossos movimentos e grupos. Que não nos falte o ânimo e a coragem para que, além de continuarmos, consigamos procurar e encontrar aqueles que passam por dificuldades, levantando-os e colocando-os no caminho de Cristo, como nos pede o Papa Francisco.

Iluminados pela Campanha da Fraternidade 2021,que, ao longo destes últimos dias, tem nos feito entender a Fraternidade e o Diálogo como um compromisso de amor –à luz do lema “Cristo é a nossa paz: do que era dividido, fez uma unidade” –, não nos cansemos de insistir sempre numa aproximação entre as nossas expressões juvenis (Juventudes), num diálogo verdadeiramente fraterno que esteja longe de nos fazer querer pensar e agir todos do mesmo modo. O Espírito Santo nos renove os dons da Sabedoria e do Entendimento para percebermos que a diferença, o respeito e, portanto, o respeito às diferenças são convites ao diálogo, são jeitos de ser, trabalhar e evangelizar que se completam e nos livram de que, porventura, possam existir. quaisquer polarizações e tipos de violência e de desrespeito

Que insistamos cada vez mais em momentos de proximidade com Deus, seja através da participação virtual à Santa Missa, dos momentos promovidos pelos grupos e movimentos ou da oração pessoal; mas que não nos distanciemos Dele, que é jovem também (Papa Francisco).

Peçamos à Jovem Maria que, do Céu, nos ajude a realizar, no próximo ano, de maneira presencial, a nossa I Jornada Arquidiocesana da Juventude, se Deus nos permitir.

Aquele abraço apertado e virtual!

Equipe Arquidiocesana de Animação Juvenil

Foto: Reprodução Cathopic

 

Agenda