sábado

, 25 de maio de 2024

Catedral de Juiz de Fora inaugura mosaico da Beata Isabel Cristina

16 de maio de 2024

A Catedral Metropolitana de Santo Antônio, em Juiz de Fora (MG), inaugurou no último dia 5 de maio um mosaico em homenagem à Beata Isabel Cristina. Elevada às honras dos altares em dezembro de 2022, a Virgem Mártir morava na cidade no ano 1982, quando foi assassinada.

Com trabalho realizado pela mosaicista Denise Mendes Arantes Bicalho, a obra foi inaugurada em celebração eucarística presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira.

“No domingo do amor, tivemos a grande satisfação de inaugurar e benzer o mosaico da Beata Isabel Cristina, que deu a sua vida por amor e foi marcada pelo sacrifício de Cristo na sua própria vida, quando ela morreu martirizada aqui, em Juiz de Fora. Não poderia faltar na nossa Catedral um sinal da presença desta jovem e deste martírio”, disse Dom Gil na ocasião. Segundo ele, o mosaico foi escolhido por ser uma arte milenar na Igreja Católica e que a obra irá enriquecer a Catedral de Juiz de Fora.

Já a mosaicista Denise Bicalho, com muita emoção pelo momento especial, pontuou sobre a vida e entrega desta jovem. “Beata Isabel Cristina, que é Virgem e Mártir, e doou sua vida para Deus em honra do amor de Deus. Viva a beata Isabel Cristina, agora eternizada neste lindo mosaico aqui, na Catedral”, disse. “Se Deus quiser, em breve trocaremos a palavra beata, por santa”, completou com entusiasmo.

Quem foi a Beata Isabel Cristina?

Isabel Cristina Mrad Campos nasceu aos 29 de julho de 1962, em Barbacena (MG). Em 1982, mudou-se para Juiz de Fora (MG), a fim de se preparar para o vestibular de medicina, quando em 1º de setembro daquele ano um homem tentou violentá-la. Como a jovem ofereceu resistência, foi assassinada.

Pelo modo como Isabel Cristina morreu, defendendo os valores da castidade, e pela forma como viveu, em 26 de janeiro de 2001, foi instaurado em Barbacena o seu processo de beatificação, tendo sido encerrado em âmbito arquidiocesano em 1º de setembro de 2009.

Em 27 de outubro de 2020, o seu martírio foi reconhecido pelo Papa Francisco. Isabel Cristina foi proclamada beata no dia 10 de dezembro de 2022, às 10h, em cerimônia realizada no Parque de Exposições Senador Bias Fortes, em Barbacena. A celebração litúrgica da Beata Isabel Cristina é no dia 1º de setembro, data em que ela sofreu o martírio e nasceu para o céu.

Com informações e fotos da Catedral de Juiz de Fora.

VEJA TAMBÉM