sábado

, 13 de julho de 2024

CNBB divulga a letra do hino da Campanha da Fraternidade 2024

11 de julho de 2023

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou a letra do hino da Campanha da Fraternidade 2024 que tem como tema “Fraternidade e amizade social” e o lema “Vós sois todos irmãos e irmãs”. O autor é Douglas Diego Palmeira Rocha, cristão leigo da Arquidiocese de Campinas (SP) e professor atuante na área da Liturgia, da Catequese e na Pastoral da Educação.

Inspiração 

Sobre o processo de composição da letra, Douglas conta que “além de toda a beleza que há nos textos litúrgicos da Quaresma, seja da liturgia das horas, seja dos próprios textos da Missa, partindo desta inspiração bíblica que é própria da Quaresma, eu também me muni bastante da Fratelli Tutti – uma leitura que eu já tinha feito, algumas formações que eu já tinha dado em várias paróquias sobre esse tema, sobre a encíclica”.  

Além de um novo estudo do texto do Papa Francisco, o autor rezou com a encíclica. “O texto que chega nas mãos das pessoas, primeiro, ele foi fruto de muita oração. O primeiro a ouvir, a rezar com esse hino, fui eu. Muito mais do que o tempo que foi gasto para escrever foi o tempo gasto rezando, rezando cada frase, pensando como colocar toda a beleza da encíclica Fratelli Tutti dentro de alguns versos”.  

“Eu espero de verdade que esse poema, essa letra, ajude as pessoas a rezar, porque antes de escrever, essa letra foi rezada. Quando ela for cantada, eu espero que ela também se torne fruto de oração para as outras pessoas”, afirma.

Confira a letra escolhida para a CF 2024:

HINO DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2024

Tema: Fraternidade e Amizade Social
Lema: “Vós sois todos irmãos e irmãs” (Mt 23, 8)

Letra: Douglas Diego Palmeira Rocha

 

1. Conduzidos a este deserto, (cf Mc 1, 13)
Deus nos chama à libertação (cf Ex 3,8; 20,2)
da indiferença e divisão:
“Onde está tua irmã, teu irmão?” (cf Gn 4,9)
“Eis a hora! O Reino está perto,
Crê na Palavra e na conversão. ((Mc 1,15)

REFRÃO: “Vós sois todos irmãos e irmãs” (Mt 23,8)
é palavra de Cristo, o Senhor;
pois a fraternidade humana
deve ser conversão e valor.
Seja este um tempo propício (cf 2Cor 6,2)
para abri-nos, enfim, ao amor!

2. A Quaresma nos chama a assumir
um amor que supera barreiras, (FT 1)
desejando abraçar e acolher, (FT 3)
se estendendo além das fronteiras, (FT 99)
rompendo as cadeias que isolam,
construindo relações verdadeiras. (FT 62)

3. Misericórdia, pecamos, Senhor, (Sl 50,3)
sem no outro um irmão enxergar.
Mas queremos vencer os conflitos,
pela cultura do encontro lutar. (FT 30)
Em unidade na pluralidade,
um só Corpo queremos formar! (cf 1Cor 12,12-31)

4. O Senhor nos propõe aliança (Gn 9,8-15)
e nos trata com terno carinho. (Sl 102,4)
Superemos divisões, extremismos
ninguém vive o chamado sozinho. (FT 32)
Só assim plantaremos a paz:
“Corações ardentes e pés a caminho” (cf Lc 24, 32-33)

5. “Alarga o espaço da tenda” (Is 54,2)
e promove a amizade social, (cf EG 228)
vence as sombras dum mundo fechado,
construindo Igreja sinodal.
Convertidos, renovados veremos
novo céu, nova terra, afinal. (Ap 21,1-7)

Edital para a escolha da música do hino

A CNBB também divulgou no último dia 04 de julho o edital para a escolha da música do hino. As composições devem ser enviadas à CNBB, por e-mail, até o dia 31 de julho. O edital estabelece algumas características da musica e da melodia.

Característica da Música

A expressão musical do hino consistirá em caráter vibrante e vigoroso. Este caráter tem a ver com o ressoar de “trombetas e clarins” (cf. Sl 47, 6; 98, 5-6); melodia e ritmo fluentes, acessíveis a qualquer tipo de assembleia; força melódica e rítmica eficazes para a dinamização das potencialidades individuais e grupais, despertando-os do torpor do egoísmo e do comodismo.

Característica da Melodia 

A melodia deve realçar bem o sentido da letra. Antes de pensar na composição, o autor deverá estudar bem a letra e observar os acentos tônicos (fortes) das palavras para que haja uma correspondência natural com os tempos fortes da melodia.

Deverá ser fluente, simples, porém, bela e ter pausas de respiração suficientes e nos momentos certos. A melodia também deverá realçar bem o sentido da letra; ter caráter vibrante e vigoroso; ritmo fluentes e acessíveis a qualquer tipo de assembleia; seja artística, fugindo dos chavões e clichês já conhecidos e que tenha características genuínas da música brasileira.

O edital completo poderá ser acessado (aqui).

Texto e imagem: CNBB/adaptado

VEJA TAMBÉM