terça-feira

, 16 de julho de 2024

Comissão pró-asfalto da MG 280 se reuniu com o DER

22 de agosto de 2016 Arquidiocese

Na última sexta-feira, 19 de agosto, cerca de 200 pessoas das paróquias de Cipotânea (Abreus), Alto Rio Doce, Dores do Turvo, Senador Firmino, Divinésia e Paula Cândido foram a Ubá (Sede do DER) para reivindicar o asfaltamento da MG 280 nos trechos de Paula Cândido ao trevo de Divinésia(14 km) e Dores do Turvo a Alto Rio Doce (26 km).

A comissão pró asfalto da MG 280 reuniu-se com o coordenador regional do Departamento de Estrada e Rodagem (DER) Célio Moreira da Silva para cobrar os dados atualizados a respeito do asfaltamento dos trechos acima citados. Foi entregue à Comissão as respostas do diretor da infraestrutura rodoviária e diretor geral do DER – MG.

O engenheiro Lúcio Guilherme Brando de Carvalho, diretor da infraestrutura rodoviária, em resposta a Dirceu Antônio de Carvalho Gomes, diretor de operações, disse “Não existe nenhuma previsão para as obras da rodovia MG 280, trechos Dores do Turvo – Alto Rio Doce e trecho Divinésia – Paula Cândido”. O engenheiro Célio Dantas de Brito, diretor geral do DRE – MG, endereçou uma carta à Comissão Pró Asfalto da MG 280 que afirma “em resposta ao documento supramencionado, referente à Rodovia MG 280, trechos Alto Rio Doce – Dores do Turvo e Divinésia – Paula Cândido, informamos que o projeto de engenharia para a pavimentação desses segmentos já foram concluídos, mas ainda não foi autorizada a realização do procedimento licitatório para contratação das obras”.

A comissão lamenta mais uma vez o descaso do governo com relação a este antigo sonho da população. O asfaltamento deste trecho beneficia diretamente a 150.000 pessoas, é a única estrada que liga a Zona da Mata à Capital, além do acesso às principais universidades UFV, UFMG, PUC, UFL etc.

A comissão pró-asfalto da rodovia MG 280 desde o início vem primando pelo diálogo, reuniu-se com todas as instâncias intermediárias:

  • 1ª Audiência Pública: Dores do Turvo – 12/06/2105 reunimos com Prefeitos, vereadores, deputados e DER;
  • Participação nos fóruns regionais de Juiz de Fora (05/08/15), Barbacena (13/08/15) e Ponte Nova (02/09/2015), em todos os fóruns a obra foi colocada como prioridade;
  • Reunião com o Secretário do SETOP e Diretor geral do DER na cidade administrativa em Belo Horizonte dia 14/08/2015;
  • 2ª audiência Pública em Paula Cândido dia 17/10/2015;
  • Reunião com o secretário de planejamento do governo de Minas Gerais Oldair Cunha em Belo Horizonte dia 19/04/2016;
  • Movimento Liberdade Nossa Luta – Asfaltamento da MG 280 em Senador Firmino dia 21/04/2016;

A população envolvida no processo já perdeu a paciência e está disposta a tomar atitudes que fogem ao controle da Comissão. Por causa da sua indignação pode chegar à possibilidade de fechamento do tráfego nesta rodovia. A comissão questionou muito a respeito da não execução da Obra por parte do governo, cobrou o porquê da demora, uma vez que é prioridade nos fóruns regionais, os projetos estão prontos e o recurso já está disponível, uma vez que Oldair cunha, secretário de planejamento do governo de Minas Gerais garantiu a comissão pró-Asfalto que se fossem negociadas as dívidas do estado, a obra seria licitada e esta negociação aconteceu e o governo tem disponível mais de 500 milhões para obras por mês. Recentemente foram licitadas as rodovias entre Virgem da Lapa e Ijicatu – 41 km (13/05) e Taquaraçu de Minas à região metropolitana – 17,4 km (continuação das obras), estranho porque não licita as obras da MG 280.

A próxima reunião da comissão será dia 9 de setembro em Dores do Turvo.