quinta-feira

, 18 de agosto de 2022

Cônego Agostinho completa 100 anos de vida

03 de abril de 2020 Arquidiocese

O padre mais antigo da Arquidiocese de Mariana, cônego Agostinho de Lourdes Coimbra, completa neste sábado, 4 de abril, 100 anos de vida. O sacerdote que celebrou 75 anos de ministério presbiteral, em novembro de 2019, atualmente mora na cidade de Ouro Preto (MG).

Cônego Agostinho nasceu em Senhora de Oliveira (MG), no dia 4 de abril de 1920, onde recebeu de seus pais uma sólida formação cristã. Sentindo-se chamado por Deus, ele deixou a casa paterna e ingressou no seminário da arquidiocese de Mariana onde terminou o curso de filosofia e teologia. Posteriormente, formou-se em direito pela Faculdade de Conselheiro Lafaiete. 

Ele foi ordenado sacerdote no dia 26 de novembro de 1944. Após colaborar com várias paróquias da arquidiocese, cônego Agostinho tornou-se pároco emérito de Cristo Rei, em Ouro Preto, paróquia da qual foi o primeiro pároco. 

75 anos de vida sacerdotal 

Em novembro de 2019, cônego Agostinho celebrou os seus 75 anos de vida sacerdotal na igreja Cristo Rei, em Ouro Preto. A celebração foi presidida pelo bispo emérito de Oliveira, Dom Francisco Barroso Filho, e contou com a presença do bispo de São João Del Rei, Dom José Eudes Campos do Nascimento, do bispo auxiliar de Belo Horizonte, Dom Geovane Luís da Silva, de vários padres, amigos e familiares. 

Na celebração, Dom Barroso destacou que cônego Agostinho, nestes 75 anos de vida sacerdotal, escreveu páginas gloriosas de evangelização, de ação missionária. Mostrando-se assim, um autêntico porta voz da Igreja. “O testemunho de vida sacerdotal do cônego Agostinho, sobretudo a sua perseverança é um convite a todos nós, sacerdotes, sobretudo aos neo sacerdotes e os que se preparam ao sacerdócio. É um convite a seguir sempre avante, sem reclamar ou retroceder na certeza de que estamos cumprindo o caro mandato do Senhor, que nos escolheu e nos enviou”, disse.

Ação de graças

Em um comunicado enviado ao clero de Mariana, nesta tarde, o arcebispo, Dom Airton José dos Santos, convida todos os presbíteros para rezarem a missa, deste sábado, na intenção e ação de graças pelo centenário de cônego Agostinho. Juntamente com a missa, Dom Airton convida a todos os diáconos, religiosos e religiosas e todos os fiéis que elevem a Deus uma prece de agradecimento pela vida de cônego Agostinho.

Agenda