segunda-feira

, 22 de abril de 2024

Conselho Permanente da CNBB manifesta solidariedade ao Haiti

29 de junho de 2023 Igreja no Brasil

Reunido de 20 a 22 de junho, em Brasília (DF), o Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) encaminhou uma carta ao presidente da Conferência Episcopal do Haiti, dom Launay Saturné, prestando solidariedade ao país, especialmente pela onda de violência causada por gangues nos últimos meses, o que tem dificultado, inclusive, a prestação de ajuda e apoio humanitários.

Na carta, os bispos brasileiros salientaram que assassinatos, sequestros e atuação de justiceiros tornaram-se ocorrências corriqueiras e cotidianas em terras haitianas. E lamentaram profundamente o encerramento, nesse país, da missão brasileira, coordenada por religiosas de algumas congregações, que devido à falta de segurança tiveram que retornar ao Brasil.

Leia a carta na íntegra:

Brasília-DF, 27 de junho de 2023.

Exmo. e Revmo.
Dom Launay Saturné
Presidente da Conferência Episcopal do Haiti.

“Pois assim como os sofrimentos de Cristo transbordam sobre nós,
também, por meio dele, transborda a nossa consolação” (2Cor 1,5).

Nós, bispos do Brasil, representados pelo Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, em reunião realizada nos dias 20 a 22 do corrente mês, tratamos da situação por que passa o Haiti, país irmão.

Temos acompanhado, com preocupação, o deslocamento, no Haiti, de mais de 150 mil pessoas, por causa da violência das gangues, o que tem dificultado, inclusive, a prestação, a elas, da necessária ajuda e apoio humanitários. Assassinatos, sequestros e atuação de justiceiros tornaram-se ocorrências corriqueiras e cotidianas em terras haitianas.

Lamentamos profundamente o encerramento, nesse país, da missão brasileira, coordenada por religiosas de algumas congregações. Devido à falta de segurança, elas tiveram de retornar ao Brasil. Juntamente com a igreja do Haiti, sofremos por tantas dores e padecimentos a que o povo está sendo submetido, especialmente as pessoas mais pobres.

Lembramo-nos, nesta oportunidade em que nos referimos aos atos de violência que estão sendo perpetrados no Haiti, destas palavras do Papa Francisco na Carta Encíclica Fratelli Tutti: “Cada ato de violência cometido contra um ser humano é uma ferida na carne da humanidade; cada morte violenta ‘diminui-nos’ como pessoas. A violência gera mais violência, o ódio gera mais ódio, e a morte mais morte. Temos de quebrar esta corrente que aparece como inelutável” (FT 277).

Tendo em vista o quadro de violências no país, manifestamos, à Conferência Episcopal do Haiti, ao clero e ao povo de Deus, nossa solidariedade e nossos sentimentos de esperança. A todos os cristãos haitianos, desejamos manter-nos unidos por meio de nossas orações e fraterna amizade. Clamamos ao Divino Espírito Santo que continue inspirando no coração de todos a coragem e a perseverança na busca da justiça e da paz. Que Nossa Senhora do Perpétuo Socorro interceda por todos!

Em espírito de fraternidade e oração,

Dom Jaime Spengler,OFM
Arcebispo de Porto Alegre – RS
Presidente
Dom João Justino de Medeiros Silva
Arcebispo de Goiânia – GO
1º Vice-Presidente
Dom Paulo Jackson Nóbrega de Sousa
Bispo de Olinda e Recife – PE
2º Vice- Presidente
Dom Ricardo Hoepers
Bispo Auxiliar de Brasília, DF
Secretário-Geral

Texto e imagem: CNBB

Agenda