sexta-feira

, 19 de julho de 2024

Coordenadores da Pastoral do Dízimo da Forania de Abre Campo participam de reunião em São Pedro dos Ferros

12 de junho de 2024 Arquidiocese

Os coordenadores da Pastoral do Dízimo da Forania de Abre Campo reuniram-se no último sábado, 8 de junho, na cidade de São Pedro dos Ferros (MG). O encontro, coordenado pelos Padres José de Souza Sena e Lindomar José Bragança, e contou com a participação de quase todas as paróquias da forania, que partilharam sobre a realidade da pastoral.

Segundo o Padre Sena, que é o Assessor Arquidiocesano da Pastoral do Dízimo, a sobrevivência da paróquia e de todas as suas atividades pastorais estão amparadas pela generosidade e fidelidade de cada dizimista.

“Uma boa parcela dos paroquianos nem tem a ideia do tamanho desta sua responsabilidade [em ser dizimista], mas o amor a sua comunidade de fé fez com que a abraçasse como quem carrega nos ombros a sua própria família. E estão felizes da vida por esse compromisso assumido. Outra parte não tem esse mesmo amor ou não despertou para a importância de sua contribuição dentro da sua realidade”, apontou Padre Sena.

Durante o encontro, os presentes reconheceram algumas dificuldades enfrentadas como a falta de agentes, prestação de contas às vezes ineficiente e poucas ações de valorização e agradecimento aos dizimistas. “Constata-se também que se faz tão pouco para despertar os que ainda não tomaram essa decisão de participar, embora, sejam pessoas sensíveis”, disse o Pároco de Santo Antônio do Grama (MG).

No final da reunião, os coordenadores paroquiais assumiram uma atitude para superar as dificuldades apresentadas. Ainda, reforçou que, para mais eficácia na pastoral, a necessidade de um recadastramento dos dizimistas, em vista de uma maior organização.

A equipe da Forania de Abre Campo foi recomposta para, além de suas tarefas, ter uma representação no Conselho para Assuntos Econômicos (CAE) no Regional Leste de Mariana. Por fim, conclui-se que muita coisa pode melhorar nesta área da partilha, se houver mais conscientização que sempre passa pelo processo de formação.

Com informações do Padre José de Souza Sena
Foto: Padre Lindomar Bragança