sexta-feira

, 12 de abril de 2024

Cores, flores e corações ardentes marcam a festa de São João Batista, em Viçosa

26 de junho de 2023 Arquidiocese

Com o coração exultante de alegria, a Paróquia São João Batista, em Viçosa (MG), celebrou a festa de seu padroeiro. A novena iniciou-se dia 15 de junho e foi concluída com a festa no dia 24, mas as comemorações já ocorriam desde 31 de maio, quando a imagem do patrono paroquial saiu em visita às suas 14 comunidades e dois setores.

O dia da festa teve por tema “Chamados a ser profetas a exemplo do precursor” e se iniciou às 8h, com missa presidida pelo Padre João Batista Barbosa. Às 18h, a procissão com a imagem do padroeiro saiu da Escola Estadual Padre Álvaro e percorreu ruas do Bairro Nova Era, até chegar à Igreja Matriz de São João Batista, onde a missa foi presidida pelo Pároco, Padre Geraldo Martins. O Padre João Batista e o Diácono Délio Duarte também estiveram presentes.

Iniciando a celebração da Eucaristia, que contou com grande número de fiéis que portavam bandeirinhas coloridas, o Pároco lembrou aqueles que fazem parte da história da paróquia como Dom Luciano Mendes de Almeida, Dom Walter Jorge Pinto, e os Padres Luizinho, D’Artagnan, Leandro, Anderson, Edir, Glauber e Daniel. Também agradeceu e celebrou em nome de todos os/as agentes de pastoral que se organizaram e trabalharam durante toda a novena e festa.

Durante a homilia, Padre Geraldo citou os demais sacerdotes amigos que celebraram durante a novena: Pe. Paulinho, Pe. Geraldo de Souza, Pe. Robson, Frei Gilberto, Pe. Antônio Carlos, Pe. Paulo Dionei, Pe. Edir, Pe. José Raimundo e Pe. Carlos Heitor. “Todos eles nos ajudaram a compreender o Ano Vocacional, [que] estamos vivendo, e nos ajudaram a crescer na nossa consciência do chamado que Deus nos faz”, disse.

“Eles também recordaram para nós a Campanha da Fraternidade 2023 e o compromisso que nasce do instigante tema deste imperativo de Jesus ‘dai-lhes vós mesmos de comer’, mostrando que nós somos uma Igreja que caminha junto, com o coração ardente, combatendo a fome e fazendo comunhão”, sublinhou.

Sobre o texto do Evangelho, destacou que todos os cristãos são chamados no batismo a serem profetas, a exemplo de João Batista: “João sempre teve clareza de que ele não era a luz, mas somente a voz que clama no deserto”, afirmou. “Precisamos reconhecer com humildade que a missão não é nossa, mas do próprio Cristo. Não levamos aos outros uma mensagem que é nossa, mas do próprio Cristo”, reforçou.

“João Batista é também profeta no anúncio. Ele sabe que foi chamado para cumprir a missão de anunciar o Cristo. A um povo marcado pela dor e desesperança, ele aponta o cordeiro que tira o pecado do mundo; aponta a luz que faz renascer no coração das pessoas a esperança e a alegria”, acrescentou.

Padre Geraldo sublinhou que João faz o coração das pessoas arder quando lhes anuncia a salvação e lhes ensina a partilha. Também que ele é um profeta que denuncia a exploração, o abuso do poder e tudo aquilo que contradiz os valores do Reino de Deus.

O celebrante reforçou a importância de todos os cristãos se comprometerem com a dignidade humana, a justiça e o cuidado com a casa comum. Além disso, lamentou o alto índice de violência no trânsito e de mortes de jovens em Viçosa. “Precisamos denunciar a violência que se manifesta de muitas maneiras, seja no trânsito, nos lares e nas escolas. Há um espiral de violência que precisa ser combatida e denunciada. Não podemos ficar indiferentes a ela. Ser profeta é ter a coragem de denunciar o acúmulo de riquezas que nasce da exploração dos pequenos”, enfatizou.

O pároco também lembrou que a exploração do trabalhador, a injustiça, o consumismo desenfreado, a violação de direitos humanos quanto a educação de qualidade, acesso ao tratamento de saúde, moradia e trabalho dignos são pecados graves. “Precisamos também denunciar a religião que aliena e mantém o status quo, o estado atual das coisas. Há muitos que se servem da religião para oprimir e discriminar. É preciso denunciar esta prática religiosa que fere o coração dos filhos e filhas de Deus”, advertiu.

“Precisamos deixar o nosso coração arder pela Palavra e colocar nossos pés a caminho para comunicar a alegria da Palavra que liberta e salva. Que São João Batista faça de todos nós profetas e profetisas, para juntos construímos o Reino que Jesus inaugurou entre nós”, concluiu.

Para encerrar a celebração, os aniversariantes foram convidados ao altar para o canto dos parabéns. A pequena Maria Isabel Rocha Bezerra ficou bem pertinho do padre para receber sua bênção de aniversário.

Em todos os dias da novena, os padres celebrantes receberam um pequeno presente da paróquia. Nesse dia da festa, foi a vez de presentear o Padre Geraldo Martins. O encarregado da entrega foi o garotinho mais animado da festa, o Liedson, que participou de toda a novena sempre sentado na primeira fila, prestigiou muito a barraca de pastéis e subiu ao palco para os shows de música sertaneja.

Após muita exaltação e vivas ao padroeiro, os fiéis se reuniram no pátio da igreja para a noite cultural com barraquinhas de comidas quentinhas e o prato típico foi macarrão na chapa. A música foi animadíssima com a banda Fogo Santo.

Clique aqui para ver as fotos

Texto e imagens: Pascom da Paróquia São João Batista, em Viçosa (MG)

Agenda