sexta-feira

, 14 de junho de 2024

Cumpriu-se a obra de um grande evangelista: fiéis despedem-se de Dom Geraldo em Mariana

29 de julho de 2023 Arquidiocese

Neste sábado, 29 de julho, a comoção tomou conta de Mariana (MG), durante a despedida do saudoso Dom Geraldo Lyrio Rocha, Arcebispo Emérito de Mariana. Familiares, amigos, sacerdotes, religiosos (as), diáconos e fiéis leigos (as) se reuniram para prestar suas últimas homenagens ao pastor, ecoando versos que simbolizam sua dedicação e amor ao rebanho: “Sois bons pastor, ovelhas guardarei, não tenho outro ofício, nem terei. Quantas vidas eu tiver, eu lhe darei”.

A cerimônia de encerramento do velório, conduzida pelo Arcebispo Metropolitano de Mariana, Dom Airton José dos Santos, contou com a presença marcante de onze bispos e centenas pessoas que se reuniram para prestar suas homenagens a Dom Geraldo. Além disso, mais de 2 mil pessoas acompanharam, simultaneamente, os ritos pelas redes sociais da Arquidiocese e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), bem como demais veículos parceiros: rádios Queluz FM, Congonhas e Fama.

Com profunda emoção, as insígnias episcopais, o anel e a cruz que acompanhavam Dom Geraldo foram solenemente retirados, simbolizando a expectativa de sua ressurreição e o legado deixado em sua trajetória como pastor da comunidade. Ao som da banda 15 de novembro, todos seguiram em cortejo do Santuário Arquidiocesano de Nossa Senhora do Carmo em direção à Praça Cláudio Manoel (mais conhecida como Praça da Sé), onde a comovente Missa Exequial foi realizada.

O féretro foi exposto na praça, com o livro evangeliário e a mitra de Dom Geraldo em cima do caixão, enquanto Dom Airton presidiu o momento, acompanhado por sacerdotes e da família de Dom Geraldo.

“Dom Geraldo estava seguindo o Evangelho a mais de 4mil km de distância, em Altamira (PA), no norte do país, um lugar distante de tudo e de todos: sua família, amigos, da Igreja de Vitória, onde ele serviu como bispo auxiliar. Porém, reconhecemos que foi a providência de Deus que guiou sua trajetória e somos gratos pelos frutos de seu ministério. Dom Geraldo foi um grande pastor, dedicado a seus fiéis, orientando-os em retiros espirituais e na vivência da fé. Sua pregação incansável do evangelho e sua dedicação na liturgia e na evangelização nos inspiram até hoje. Que ele interceda por todos nós e pelas igrejas por onde passou, e seu descanso final em Mariana, ao lado de outros bispos, nos permitirá visitá-lo e meditar sobre a palavra de Deus deixada por esse grande homem”, disse Dom Airton em comovente declaração.

Entoando a ladainha de todos os santos, juntamente com o som dos repiques dos sinos da Igreja da Sé, familiares de Dom Geraldo e o clero seguiram em cortejo até a Catedral Basílica de Mariana, onde ocorreu o sepultamento na Cripta Arquidiocesana, numa cerimônia reservada aos familiares e alguns representantes do clero. O corpo de Dom Geraldo repousa, agora, entre outros dois ilustres arcebispos de Mariana: Dom Oscar de Oliveira e Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida.

Foi celebrada a Eucaristia com o formulário de orações pelos fiéis defuntos, para Bispo, segundo a tradução em língua portuguesa para o Brasil, da Terceira Edição do Missal Romano, como expressão de gratidão da CNBB a Dom Geraldo no seu apoio do processo de tradução. Na oportunidade, também foi lida a mensagem que o Papa Francisco enviou à Arquidiocese de Mariana, manifestando sua solidariedade pelo falecimento do prelado.

Amigos próximos, como Paulo Roberto Mendonça França, destacaram a sabedoria e carisma únicos de Dom Geraldo, lembrando dos ensinamentos que serão eternamente lembrados. A restauração de instrumentos musicais e o trabalho incansável junto à comunidade Mariana também foram ressaltados, evidenciando o impacto positivo deixado por esse querido líder religioso. O irmão de Dom Geraldo, Luciano Lyrio, emocionado, compartilhou lembranças cheias de afeto e carinho, descrevendo-o como uma pessoa simples, alegre e sempre presente na vida de sua família.

O legado de Dom Geraldo Lyrio Rocha permanecerá vivo na memória e no coração daqueles que tiveram a honra de conhecê-lo e compartilhar sua jornada. Sua partida deixa um vazio significativo, mas sua mensagem de amor, esperança e dedicação ao próximo continuará a guiar a comunidade de Mariana.

Fotos: Caio Amora/Arquidiocese de Mariana

Veja também:

Papa Francisco envia mensagem de condolências à Arquidiocese de Mariana devido ao falecimento de Dom Geraldo