quinta-feira

, 18 de julho de 2024

Definidos tema e lema da 6ª Romaria das Águas e da Terra

03 de março de 2023 Arquidiocese

A Diocese de Colatina irá sediar a 6ª Romaria das Águas e da Terra da Bacia do Rio Doce. Uma reunião da comissão organizadora foi realizada na última sexta-feira, 24 de fevereiro,  em Colatina (ES), para avançar no planejamento desse grande evento.

Com o tema “Bacia do Rio Doce: nossa Casa Comum” e o lema “No princípio, o espírito pairava sobre as águas” (Gn 1,2), a romaria pretende ser um processo de conscientização, mobilização e participação das comunidades de fé e de toda a sociedade no sentido de olhar a vida humana e o planeta dentro de uma mística de cuidado e fraternidade.

Datas

O coordenador diocesano da Ação Evangelizadora, padre Marinaldo Serafim, explicou que a romaria é mais que um evento. “Trata-se de um caminho, um processo com várias etapas para gerar conscientização em favor dos cuidados com a casa comum”, disse.

A romaria terá início com a realização de encontros que devem acontecer a partir do mês de maio em Baixo Guandu, Colatina e Linhares, cidades capixabas cortadas pelo Rio Doce.

Ainda dentro da programação da romaria, o dia 11 de junho marcará o início da Semana Missionária no Santuário Diocesano Nossa Senhora da Saúde, em Ibiraçu. De 12 a 17 de junho, a semana segue sua agenda na Paróquia São Paulo Apóstolo, em Linhares, culminando com o encerramento da romaria, no dia 18 de junho, em Regência, localidade onde o Rio Doce desagua no mar.

Sobre o tema

Segundo o padre Marcelo Moreira Santiago, sacerdote da Arquidiocese de Mariana (MG) que integra a equipe organizadora, o tema dessa sexta edição da Romaria das Águas e da Terra dá toda a indicação “da vida que brota a partir do espírito e da ação de Deus que tudo forma: a terra, as águas, os animais e a criatura humana, despertando o nosso compromisso de sermos cuidadores de toda essa obra para uma humanidade mais feliz e abençoada”.

Durante a reunião, foram organizadas as equipes de trabalho e a extensa programação que deve marcar essa grande ação em favor da casa comum. “Todas as ações devem nos ajudar a uma conversão de vida, a uma solidariedade maior e a um empenho pela vida humana e do meio ambiente”, disse padre Marcelo.

Presenças

A reunião contou com a participação de membros da Diocese de Governador Valadares (MG), Caratinga (MG), Itabira e Coronel Fabriciano (MG), da Arquidiocese de Mariana (MG) e da Diocese de Colatina (ES). O grupo deve voltar a se reunir em breve.

Texto e fotos: Diocese de Colatina