domingo

, 14 de agosto de 2022

Dom Silvério é homenageado em Congonhas

17 de novembro de 2016 Arquidiocese

Na semana da consciência negra, a paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Congonhas, Região Pastoral Mariana Oeste, realizou o IV Tributo a Dom Silvério, que homenageou o primeiro bispo negro da Igreja Católica.

Neste ano a rede municipal de ensino da cidade de Congonhas adotou em sua grade de ensino a história da vida de Dom Silvério. Durante o semestre letivo, os professores das escolas estudaram com os alunos dos 4º e 7º anos a história do religioso e intelectual, conhecido como “Profeta Negro”.

No dia 15 de novembro, a comunidade e alunos da Escola Municipal Fortunata de Freitas Junqueira participaram das atividades e manifestações culturais, além da celebração presidida pelo pároco padre Paulo Barbosa. A celebração também teve a participação da congada Mucamas de Nossa Senhora do Rosário e da Guarda de Marujo de Santa Efigênia. As comemorações foram encerradas com a apresentação musical do cantor Maurício Tizumba no show “Tambor Mineiro”.

Para o padre Paulo Barbosa a celebração foi muito feliz e a satisfação é grande em saber que a cada ano a história de Dom Silvério é mais conhecida e valorizada. “Estou impressionado. É muito bom ter uma oportunidade como essa para promover uma reflexão madura sobre racismo e preconceito”, contou.

Como parte das intervenções para a semana da consciência negra, até o dia 25 de novembro haverá uma exposição no Museu da Imagem e Memória, em Congonhas. A mostra “Dom Silvério” é promovida pelo Projeto Artena Escola da Secretaria de Educação. A iniciativa é composta por 23 quadros com desenhos sobre o religioso e intelectual.

Agenda