sexta-feira

, 19 de agosto de 2022

“E o santo bispo de Mariana”, disse Francisco ao citar Dom Luciano em audiência

04 de outubro de 2019 Arquidiocese

“E o santo bispo de Mariana”. Assim se referiu o Papa Francisco ao Servo de Deus Dom Luciano em uma audiência com os participantes do Congresso Internacional Comunhão e Participação, por ocasião dos 40 anos da III Conferência Geral do Episcopado Latino-americano realizada em Puebla, no México, em 1979. A audiência foi realizada nesta quinta-feira (3), na Sala do Consistório, no Vaticano.

Segundo Francisco, Puebla lançou as bases e abriu estradas para a Conferência de Aparecida. “Curioso que Puebla pula para Aparecida. Santo Domingo, tem seus méritos, mas ficou lá. Porque Santo Domingo estava muito condicionado pelos compromissos. E o santo bispo de Mariana, que era o editor dessa conferência, teve que negociar com todos para sair; Algo funciona, o que é bom, mas não tem a ligação de Puebla ou Aparecida. Bem, são os altos e baixos da história, sem diminuir a qualidade de Santo Domingo, mas Puebla era um pilar e salta para Aparecida. Basta afirmar isso para destacar a boa oportunidade de comemorar seus 40 anos, não apenas olhando para trás, mas projetando-a até nossos dias eclesiais”, disse.

Em seu discurso, o Papa também manifestou a alegria de encontrar-se com os relatores e organizadores do congresso e lembrou que, naquele período, era Provincial da Companhia de Jesus na Argentina e que “acompanhou com muita atenção e interesse o intenso e apaixonante processo de preparação da III Conferência”.

Leia o discurso do Papa na íntegra.

Foto: Vaticano News

Agenda