sábado

, 20 de agosto de 2022

Encontro virtual de formação litúrgica reúne mais de 90 participantes

13 de abril de 2021 Arquidiocese

Mais de 80 aparelhos estiveram conectados, no sábado, 10 de abril, das 14h às 17h, para o encontro virtual de formação litúrgica. Organizado pela coordenação de liturgia da Paróquia São João Batista, em Viçosa, o encontro contou com a assessoria da representante da Coordenação Arquidiocesana de Liturgia, Viviane Aparecida dos Santos, e do coordenador do Folheto Litúrgico Comunidades em Festa, padre Geraldo Gabriel Pinto.

Viviane explicou o significado de Pastoral Litúrgica e destacou a diferença entre Equipe de Liturgia e Equipe de Celebração. “A pastoral litúrgica é uma ação para facilitar a participação consciente, ativa e frutuosa de todos os batizados nas celebrações”, disse.

Segundo explicou, a Equipe de Liturgia é responsável pela organização e animação da vida litúrgica na comunidade. “Cabe a esta equipe pensar, organizar e planejar a vida litúrgica, ao longo do ano na paróquia,”, explicou. “A Equipe de Celebração é aquela que executa, ou seja, é aquela que atua na celebração como o comentarista, os leitores, os ministros, os animadores de canto”, esclareceu.

A assessora insistiu na necessidade de que a Equipe de Celebração se reúna semanalmente para avaliar e preparar a celebração. “Devem fazer parte desta equipe, pelo menos, o leitor, um representante da equipe de canto, alguém da acolhida, o comentarista, um ministro da Comunhão Eucarística e da Palavra, o coordenador da liturgia na comunidade”, observou.

A música na liturgia foi o tema desenvolvido pelo padre Geraldo Gabriel, que destacou a importância do canto nas celebrações. Ressaltou a necessidade de escolher as músicas de acordo com o tempo litúrgico e o mistério celebrado.  “Há muitos que, ao invés de cantar a liturgia, cantam na liturgia e dão show”, disse.

Padre Geraldo recordou os ritos que, na celebração da missa, deveriam ser sempre acompanhados do canto. Destacou, ainda, como deve ser o comportamento dos instrumentistas, além da necessidade de se ensinar à assembleia os cantos a fim de favorecer sua participação na liturgia.

O pároco, padre Geraldo Martins, explicou aos participantes que, a partir de agora, a coordenação paroquial deverá programar encontros de acordo com a função que os grupos exercem na liturgia. “Nossa proposta é ter encontros específicos para as equipes de leitores, de canto, de ministros da Palavra e da Comunhão Eucarística, dentre outros”, disse o pároco.

Texto e imagem: Paróquia de São João Batista, em Viçosa

Agenda