quinta-feira

, 13 de junho de 2024

Entre Rios de Minas celebra a festa de sua padroeira

22 de agosto de 2023 Arquidiocese

Ao longo de 10 dias, entre momentos de louvor, manifestações de fé e mobilização social, a Paróquia de Nossa Senhora das Brotas celebrou, com grande público, a tradicional festa de sua padroeira em Entre Rios de Minas (MG): Nossa Senhora das Brotas.

Percorrendo uma programação repleta de atrações, a comunidade se envolveu ativamente na oração e na experiência com Deus, por intermédio de Maria. O tema para reflexão deste ano foi “Maria: exemplo de vocacionada para os cristãos”, reforçando o “sim” da mãe de Jesus ao chamado de Deus.

Diferentemente dos anos anteriores, a festa teve início no dia 05 de agosto, inovando com a abertura oficial, a qual foi marcada por uma imponente procissão luminosa que se dirigiu da Praça Cassiano Campolina à Igreja Matriz. Na ocasião, foi hasteada, pela primeira vez, a bandeira em honra a Nossa Senhora das Brotas, com sua imagem iluminada. A solene Eucaristia foi presidida pelo Pároco, Padre Ildeu da Cruz Sílvio, concelebrada pelo Padre José Custódio Assis, tendo a execução musical pelo Coral Vozes de Entre Rios.

Já no dia 06 de agosto, domingo, teve início a Novena de Nossa Senhora das Brotas, com missas celebradas às 14h e às 19h. A celebração da noite contou com a participação do grupo Jovens +, tendo sido presidida pelo Padre Vitor Nogueira de Campos, sacerdote mais jovem desta Arquidiocese.

Em continuação da novena pelos dias da semana, a festa em honra à Senhora das Brotas recebeu a presença dos sacerdotes Cônego Geraldo Francisco Leocádio, Padre Luciano Ferreira de Oliveira, Padre Tiago Cardoso, Cônego Nedson Pereira de Assis, Monsenhor Danival Milagres Coelho, Padre Isauro Santana Biazutti, Padre Mário Marcelo da Costa, Padre Gilsimar Tavares Vieira, Padre Edmar José da Silva e Padre Euder Daniane Canuto Monteiro. Quatro seminaristas do Propedêutico também participaram da linda festa.

Todas as celebrações foram marcadas pela presença dos movimentos da Igreja em caloroso louvor ao nome da Santa Mãe de Deus, inclusive pela sua novena, preparada com belas orações e hinos à Virgem Maria. Um dos resgates proposto foi a inclusão da Ladainha de Nossa Senhora das Brotas e um novo hino à Padroeira, composto para este ano. Também participaram das missas as paróquias de São Brás do Suaçuí (MG) e Jeceaba (MG), bem como as comunidades rurais e da zona urbana.

No sábado, 12, ocorreu o Desafio das Brotas, com caminhada e corrida de 5km e 10km, além de uma animada “Cooperloteca”, com a disputa de corrida por 11 duplas, levando alegria e mobilização social. Ao longo de todos os dias, a festa também foi animada com a Quermesse das Brotas, organizada pelo Encontro de Casais com Cristo (ECC), com música, dança e gastronomia.

Dia maior tem celebrações tradicionais e festivas

As festividades do dia 15 de agosto tiveram início ainda nas primeiras horas da manhã, sendo este o dia maior da Festa da Padroeira, marcado com o repique dos sinos e o Solene Ofício da Assunção de Nossa Senhora. Cantoras e leitoras da Paróquia se uniram ao Coral Vozes de Entre Rios para uma linda cerimônia que reporta à tradição milenar da Igreja, em fervorosa prece à Mãe de Deus.

Às 9h, os fiéis se reuniram na Igreja de Santa Efigênia, descendo em procissão pelas ruas do bairro até a Igreja Matriz de Nossa Senhora das Brotas, onde foram recebidos em calorosa acolhida, seguida pela Celebração Eucarística, presidida pelo Padre Rodrigo Artur Medeiros da Silva, hoje exercendo a função de Capelão da Aeronáutica do Brasil, no Rio de Janeiro (RJ).

Do alto da torre da Igreja Matriz, com hinos vibrantes à mãe de Deus, os fiéis receberam uma chuva de balões azuis e brancos, em uma linda imagem que consagrou o final da Festa da Padroeira. O dia maior também foi abrilhantado com a presença dos carreiros, candeeiros, cavaleiros e tratoristas fortalecendo a presença do produtor rural, com a tradicional bênção do sal para as criações. Muita música e animação encerraram a Festa em louvor à padroeira, fechando com chave de ouro mais um ano de calorosa celebração.

Nossa Senhora das Brotas

A fé em Nossa Senhora das Brotas remonta à chegada dos portugueses na região do Brumado, hoje Entre Rios de Minas, no século XVIII. O início do culto à Senhora das Brotas começou em Portugal, na região do Alentejo, após a aparição de Nossa Senhora para um pastor, sendo que ele alcançou a graça, ao ver restaurada a vida de sua vaca, após uma queda em barranco. A rês havia sido encontrada caída, com uma pata quebrada. Nossa Senhora teria pedido para que os moradores de Águias edificassem uma Capela, que hoje é o Santuário de Nossa Senhora das Brotas, concedendo o milagre.

O título de Nossa Senhora das Brotas foi atribuído à padroeira dos camponeses, dos criadores e suas criações. Em Entre Rios de Minas, mantém-se a fé ao longo de gerações, dispondo de um lindo templo em honra à Santa Mãe de Deus, o qual pode ser visitado por todos os fiéis religiosos.

Todas as celebrações da Festa da Padroeira foram registradas e transmitidas pela Pastoral da Comunicação (Pascom) e estão disponíveis no link: https://www.youtube.com/watch?v=t_E6d7D14-k&list=PLQ-DgSx_QtWexWrdmfd7GQ6eyOT6HzFmB

Texto e imagens: Eduardo Maia, Jornalista e membro da Pascom