domingo

, 21 de abril de 2024

Escola Arquidiocesana de Formação Integral conclui suas atividades em 2022

01 de dezembro de 2022 Arquidiocese

Ao longo de todo o ano de 2022 aconteceu na Arquidiocese de Mariana a III Escola Arquidiocesana de Formação Integral (EAFIN). Promovida pela Equipe Arquidiocesana da Pastoral da Juventude (PJ) e fundamentada nas dimensões da formação integral, a Escola teve como objetivo despertar a liderança entre os jovens e conscientizá-los sobre questões presentes em seu cotidiano. 

A realização da EAFIN marca também o momento de reencontro entre os membros e lideranças da pastoral da juventude, após dois anos sem encontros presenciais por causa do período mais crítico enfrentado da pandemia causada pelo novo coronavírus.

Por proposta metodológica, a Escola se divide em cinco etapas de formação, cada uma refletindo uma temática, simbolizada por um lugar bíblico, e realizada em uma região pastoral da Arquidiocese de Mariana. Ao todo, cerca de 50 jovens participaram de cada etapa. Veja como:

1° Etapa

Realizada em Conselheiro Lafaiete (MG), pertencente à Região Pastoral Mariana Oeste, aconteceu nos dias 02 e 03 de abril a primeira etapa da EAFIN. Os participantes deram início em sua jornada, refletindo sobre o lugar bíblico de Nazaré, onde puderam meditar e vivenciar uma experiencia de autoconhecimento e autocuidado, inspirados pela vida de Jesus.

2° Etapa

Realizada no distrito de Passagem de Mariana, em Mariana (MG), Região Pastoral Mariana Norte, aconteceu nos dias 18 e 19 de junho. Prosseguindo em sua caminhada, os jovens participantes chegaram a Betânia, lugar em que foram estimulados a manter acesa a chama pela construção de uma sociedade do bem viver, trabalhando relações entre as comunidades humanas, meio ambiente e a mística do cuidado e acolhida nas relações cotidianas. 

3° Etapa

A terceira etapa aconteceu em Sericita (MG), Região Pastoral Mariana Leste, nos dias 06 e 07 de agosto. Nessa etapa, os participantes continuaram sua caminhada até Jerusalém, onde refletiram a dimensão sócio-política-ecológica neste lugar bíblico, capacitando-os para serem cidadãos conscientes, com participação crítica em favor da justiça e da vida digna para todos, além de prepara-los para que se projetassem em sua comunidade. 

4° Etapa

Nessa etapa, o encontro foi acolhido pela Região Pastoral Mariana Sul e realizado em Senhora dos Remédios (MG) entre os dias 10 e 11 de setembro. Prosseguindo sua caminhada, os participantes chegaram a Emaús, onde compreenderam a liderança de um grupo como serviço para despertar o protagonismo nos jovens, reconhecendo as pessoas, suas qualidades e onde melhor se encaixa. 

5° Etapa

A última etapa ocorreu em Piranga (MG), Região Pastoral Mariana Centro, nos dias 05 e 06 de novembro. Finalizando essa jornada, os participantes chegaram a Samaria, onde vivenciaram a dimensão mística, refletindo sobre da fé e da mística no segmento a Jesus, estimulando a prática da oração buscando uma intimidade com Cristo, e se apaixonando por Ele como pessoa verdadeiramente humana e divina. 

Após a conclusão da última etapa, os jovens tiveram direito a uma cerimônia de formatura onde receberam um certificado de conclusão da formação oferecida. Finalizando, os jovens foram lembrados que o próximo compromisso arquidiocesano será a Assembleia Arquidiocesana da Pastoral da Juventude a ser realizada ainda no primeiro semestre de 2023.

 

Depoimentos dos participantes

Alguns dos jovens que fizeram a caminhada da EAFIN ao longo de 2022 compartilharam como foi viver essa experiência. Confira o que eles disseram:

Silvia Resende Nepomuceno – Região Mariana Centro – Grupo de Jovens JUAC

“A EAFIN, para mim, [foi] como eternizado na colcha de retalhos. Foi um mix de emoções: alegria, superação, reconhecimento, choro e, além de tudo, a esperança de uma juventude igualitária e feliz. Sem dúvidas, a EAFIN ficará eternizada na minha memória. E para todos os integrantes da turma 3: ‘…enquanto não nos reencontrarmos, que Deus lhes guarde no calor do Teu abraço’”.

Marco Antônio Pereira da Silva – Região Mariana Sul, de Desterro do Melo (MG)

“Primeiramente, não sei nem como colocar em palavras tudo o que eu senti na EAFIN, mas só posso dizer que tudo o que eu senti foi bom. O reconforto, a sensação de estar em casa, uma fé sem explicação, melhora na persistência. Para mim, na primeira etapa, eu buscava reencontro: eu queria ter de volta o que eu era e o que eu tinha antes de certos acontecimentos. Mas com o passar do tempo, fui entendendo que por mais que eu conseguisse o reencontro não iria dar certo para o momento. Então eu entendi que não era para eu encontrar alguma coisa de novo, mas sim encontrar algo novo e foi assim que a EAFIN me ajudou a superar, literalmente, todas as tempestades da vida. Não importa o que esteja acontecendo, tudo tem uma solução e as vezes a melhor delas é o tempo, todos que estiveram envolvidos na EAFIN tem meu eterno agradecimento”.

Maria Luiza Santana Pereira – Região Mariana Oeste, de Queluzito (MG)

“Eu não tenho palavras e atitudes para expressar a minha gratidão a cada pessoa e a cada momento que eu vivi. Eu nunca vou esquecer todas as vezes que me senti em casa ao lado de cada um de vocês, todas vezes que me senti amada e importante. Vocês me deram uma luz, uma luz que estava quase se apagando dentro de mim. Vocês me fizeram acreditar que eu posso. Eu prometo jamais esquecer vocês. Eu amo vocês, e isso é para sempre!”.

Ryan dos Santos Estevam – Região Mariana Norte, de Ouro Preto (MG) – Grupo JIM

“Eu ouvi uma frase este ano e tinha que falar sobre ela aqui. Padre Geraldinho (Geraldo Martins) disse uma vez que ‘feliz é a diocese que não sepultou sua Pastoral da Juventude’, e realmente, somos felizes em ter a oportunidade de aprender da melhor forma como ser uma liderança e também de como mudar a vida de jovens da nossa Arquidiocese. Devemos ser gratos.

Acredito que a EAFIN foi uma potencialização das lideranças da nossa Pastoral da Juventude e também a confirmação de que estamos em um caminho bom e correto, e em breve estaremos dando fruto para nossa ‘Arq-Mãe’.

Seguir os passos de Jesus é sempre bom, mas, na EAFIN foi com certeza a trilha certa para tão sonhada civilização do amor”.

Ana Clara Sena Oliveira, Região Mariana Leste, de Santo Antônio do Grama (MG) – Grupo Jovens Unidos Buscando Amor em Cristo (JUBAC)

“A EAFIN, para mim, foi uma experiência única, onde tive a oportunidade de conhecer novas pessoas que estão em busca de um mesmo objetivo: se capacitar para levar aos seus grupos de base esse jeito jovem de ser Igreja com propriedade e sabedoria. Os encontros foram muito bem divididos e dirigidos, com assuntos importantes de nossa realidade, afinal, somos o futuro da nação, momentos sublimes de oração e espiritualidade, não podendo deixar de fora nossas dinâmicas. Sou grata por ter tido a oportunidade de participar dessa Escola Arquidiocesana de Formação Integral da Pastoral da Juventude”.

Texto e fotos: Equipe Central da Pastoral da Juventude

Agenda