terça-feira

, 09 de agosto de 2022

Familiares dos seminaristas da Filosofia visitam o Seminário

01 de outubro de 2019 Arquidiocese

A Comunidade da Filosofia do Seminário Arquidiocesano São José promoveu o Encontro das Famílias dos seminaristas, no último final de semana (28 e 29). O encontro tem a intenção de possibilitar a convivência entre os familiares e os seminaristas e é marcado por momentos de confraternização e espiritualidade.

Para o diretor da Comunidade da Filosofia, padre Euder Daniane Canuto, o Encontro das Famílias é uma das experiências mais ricas do Seminário. “Na etapa do discipulado é grande graça renovar a vitalidade do primeiro chamado do Mestre aos seus discípulos, os nossos seminaristas, que se deu no seio de suas famílias, nas suas raízes e bases familiares. Trata-se, de fato, de uma experiência marcante pois a família do Seminário nestes dias se transforma em verdadeira família de famílias, na qual o que realmente importa é que Cristo continua chamando novos discípulos e chamando as famílias a serem celeiro de vocações”, ressalta.

O arcebispo de Mariana, Dom Airton José dos Santos, esteve presente para a missa de encerramento, no domingo, e ressaltou a importância da família para o processo formativo.

Confira relatos de alguns seminaristas da Etapa do Discipulado:

 

Jonas da Costa Reis, 1º ano de Filosofia

“Foi um momento extremamente especial, ver no semblante dos familiares, a alegria de estar conosco e conhecer um pouco de nossa rotina, nossa caminhada, nossa outra família: a comunidade do Seminário São José”.

 

Lucas Bonfim, 1° ano de Filosofia

“Minha experiência no “Encontro de famílias” foi extremamente gratificante! Tanto a minha como as outras famílias sentiram-se acolhidas e confortáveis em um ambiente, que ao meu ver, expressou uma enorme espiritualidade e paz! Além disso, esse encontro foi uma oportunidade para conhecer um pouco as raízes de cada um dos que residem aqui no seminário e, assim, aumentar ainda mais os laços fraternos presentes em nós seminaristas, reforçando o termo “família do seminário”. Gratidão por esse encontro!”.

 

Anderson Airton, seminarista do 2º ano de Filosofia

O encontro das famílias é um momento ímpar, a presença de minha família no seminário nesses dias é uma oportunidade de apresentá-la um pouco do meu processo formativo e como o mesmo acontece. Não obstante, é uma oportunidade de estar mais próximo de meus familiares, e a programação do encontro corrobora para isso, com momentos de oração, convivência e confraternização. Outro aspecto que elenco é a graça de conhecer e conviver com os familiares de meus irmãos de caminhada, que considero importante, pois é pela família que conhecemos mais cada seminarista. Portanto, considero esse encontro essencial em nosso processo formativo, porque saímos renovados esperando o próximo ansiosamente”.

 

Pedro Henrique Martins, 2º ano de Filosofia

O encontro de famílias foi um momento de reunião fraterna e alegre para nos aprofundarmos no conhecimento de nossas raízes familiares de modo a inserir toda a família no sentido do chamado que Deus faz a todos, especialmente aos que se sentem chamados ao ministério presbiteral. Momento de alegria, espiritualidade e profunda fraternidade.”

 

Pedro Henrique Mendes, 3° ano de Filosofia

O Encontro de Famílias deste ano de 2019 foi para mim uma rica oportunidade de convivência entre mim e os meus familiares. Ainda nesse sentido, ressalto a importância desse momento para conhecermos as famílias daqueles que no dia a dia caminham conosco nesse processo de discernimento vocacional. Gostaria também de ressaltar que o momento vivido nos congrega todos em uma única família: a família dos que se prontificam ao serviço após terem escutado a voz do Mestre que passa e fala “vem trabalhar na minha vinha”.

 

Colaboração: Moisés Galinari Tôrres, seminarista do 2° ano de Filosofia.

Fotografias: Cássio Patrício, seminarista do 3º ano de Filosofia.

Agenda