quinta-feira

, 11 de agosto de 2022

Fórum Intermunicipal dos Direitos da Criança e do Adolescente é implantado na comarca de Ponte Nova

10 de abril de 2018 Arquidiocese

O Fórum Intermunicipal dos Direitos da Criança e do Adolescente foi implantado na comarca de Ponte Nova. A cerimônia de lançamento foi realizada na última sexta-feira (6) no auditório da OAB, em Ponte Nova, e contou com a presença de sete dos oito municípios que fazem parte da Comarca.

Prefeitos das cidades envolvidas, representantes do judiciário local e do arcebispo de Mariana, Dom Geraldo Lyrio Rocha, compuseram a mesa do evento. Representantes de prefeituras, da pastoral da criança e do menor e adolescentes também acompanharam a cerimônia.

Durante a cerimônia Dom Geraldo destacou a importância da Pastoral do Menor e da Criança na organização de políticas públicas junto ao poder judiciário e aos municípios como forma de garantir integridade as famílias e principalmente as crianças e aos adolescentes. “Estamos diante de uma realidade desafiadora. Que envolve o nosso presente e o nosso futuro. Que envolve crianças, adolescentes e jovens. A Pastoral da Criança e do Menor da arquidiocese de Mariana tem procurado, junto as comarcar, desenvolver este projeto de um fórum intermunicipal, afim de que as prefeituras dos municípios que integram aquela comarca possam assumir efetivamente projetos de verdadeiras políticas públicas em favor daqueles que representam esse futuro da humanidade”, disse.

O arcebispo também ressaltou o seu apoio a essa iniciativa. “Deixo aqui a minha palavra de apoio e de incentivo a essa bela iniciativa com a implantação, hoje, do Fórum Intermunicipal dos Direitos da Criança e do Adolescente nesta comarca de Ponte Nova”, acrescentou Dom Geraldo.

O Fórum

O processo de articulação e implantação do Fórum Intermunicipal dos Direitos da Criança e do Adolescente na Comarca de Ponte Nova foi iniciado em agosto de 2017. Segundo o assessor arquidiocesano da Pastoral da Criança e do Menor, padre Dário Chaves, depois do primeiro contato com a juizá, Dra. Dayse Mara Silveira Baltazar, foram iniciadas as convocações e o estudo junto aos municípios e agora o lançamento oficial. “Essa é uma caminhada de participação. Estávamos no processo de construção e estudo. Agora estamos lançando, implementando esse projeto que será permanente e a comarca de Ponte Nova é importante para garantir essa parceria”, ressalta padre Dário.

A coordenadora da Pastoral do Menor, Maria Auxiliadora Costa, explica que o Fórum funciona nas Comarcas e a Pastoral realizada a preparação para a sua implantação. “A implantação do Fórum culmina com a instalação da rede protetiva da criança e do adolescente no município. É um projeto que vai organizar e responder a maior demanda que apresentar a partir do diagnóstico. Se apresentar uma demanda com adolescente, haverá um projeto para esse adolescente participar”, disse.

Além da Comarca de Ponte Nova, outras Comarcas do território arquidiocesano já começaram o processo de preparação para a implantação do Fórum.

Agenda