sábado

, 13 de abril de 2024

Imagem restaurada de São Francisco de Assis Penitente, atribuída a Aleijadinho, será devolvida à Paróquia de Cipotânea

18 de abril de 2023 Arquidiocese

A escultura de São Francisco de Assis Penitente, da Capela de Bom Jesus da Paciência, pertencente à Paróquia São Caetano, em Cipotânea (MG), foi restaurada e será devolvida à comunidade nesta quarta-feira, 19 de abril.

Restaurada pelo Projeto Extramuros, do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) em parceria com o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha-MG) e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), segundo o Administrador Paroquial, Padre Adelson Laurindo Sampaio Clemente, os fiéis e demais habitantes da cidade estão ansiosos pelo retorno da obra, que está há cinco anos ausente de Cipotânea.

Em comemoração a esse retorno, a escultura de São Francisco de Assis Penitente será acolhida pela população às 15h, na Igreja Matriz de São Caetano, em ato litúrgico, que marcará a restituição da obra à comunidade. Já às 18h30, acontecerá a Santa Missa na Igreja Matriz, seguida da procissão com a imagem pelas ruas de Cipotânea.

Sobre a obra

A escultura de São Francisco de Assis Penitente, em madeira policromada, possui altura de 127 cm e aproximadamente 16 kg. A cabeça da escultura é a parte da obra atribuída pelo Centro de Conservação e Restauração de Bens Culturais (Cecor), da Escola de Belas Artes da UFMG, ao mestre Aleijadinho, a partir de rigoroso trabalho técnico-científico e interdisciplinar, que exigiu um estudo completo da materialidade da escultura, contemplando desde análise iconográfica e das características formais da peça até análises físico-químicas, radiografias X, análise botânica da madeira, além da importante pesquisa histórica sobre a presença de Aleijadinho na região de Cipotânea ou Rio Espera.

Restauração de imagens sacras

A restauração de 24 imagens, dentre as quais a de São Francisco de Assis Penitente, foi realizada pelo Cecor no âmbito do Projeto Extramuros, viabilizado por meio de convênio celebrado entre o MPMG, Iepha, UFMG e a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep), com o repasse de recursos advindos de medida compensatória obtida com a celebração de Termo de Ajustamento de Conduta com empreendimento minerário.

Texto: Com informações Ministério Público do Estado de Minas Gerais, G1 e Jornal Estado de Minas

Foto: Cláudio Nadalin/ Cecor – Divulgação

Agenda