segunda-feira

, 04 de março de 2024

Irmãs da Beneficência Popular encerram suas atividades religiosas e sociais em Miguel Burnier

21 de dezembro de 2023 Arquidiocese

As Irmãs da Beneficência Popular encerraram no último domingo, 17 de dezembro, as suas atividades religiosas e sociais em Miguel Burnier, distrito de Ouro Preto (MG). Após 65 anos de atuação na região, elas se despedem da comunidade.

Agradecendo às religiosas por todo trabalho realizado, o Padre Mário Marcelo da Costa, Pároco da Paróquia Divino Espírito Santo em Ouro Branco (MG) e responsável pelo Santuário do Sagrado Coração de Jesus, prestou a elas uma homenagem. Confira:

Reverendíssima Madre Geral Irmã Ico (Irmã Etsuko Haibara),

A Comunidade do Santuário de Miguel Burnier e a Paróquia Divino Espírito Santo de Ouro Branco agradecem ao Instituto das Irmãs da Beneficência Popular, na pessoa da Madre Geral Estsuko Haibara, Ir. Ico e do conselho pelos 65 anos de presença na Comunidade de Miguel Burnier.

Em 1958, iniciou-se o serviço da missão com carinho, afeto, doação, oração, simplicidade e acolhimento com o educandário Monsenhor Horta, acolhendo meninas de várias localidades que viviam em situação de vulnerabilidade familiar e social. Essa missão do orfanato finalizou no ano de 1995.

O prédio do antigo orfanato foi transformado em Casa de Encontro e, com a mesma dedicação e carisma do Instituto das “Irmãs da Beneficência Popular”, continuou a missão de evangelizar em várias atividades religiosas e sociais como: catequese, retiros com jovens e casais, celebrações, zelo pelo belíssimo santuário e acolhimento a toda a comunidade e aos visitantes.

Com a saúde debilitada da Irmã Tereza e o falecimento da Irmã Rita e com poucas irmãs para continuarem essa missão, ficou impossível permanecer na Comunidade de Miguel Burnier.

Rendemos graças a Deus pelos 65 anos da presença das irmãs que se dedicaram à missão na Comunidade de Miguel Burnier. Fica o grande legado do testemunho de vida, doação, humildade, oração e acolhimento.

Agradecemos sobretudo o carinho, o respeito e a amizade com todos os arcebispos, bispos, padres, diáconos, seminaristas, leigos e leigas que se fizeram presentes na Comunidade.

Na pessoa da Madre Geral Irmã Ico, agradecemos a Deus por todas as demais Irmãs que se dedicaram a esta comunidade nestes 65 anos e a irmã Tereza, que dedicou 57 anos a essa missão.

Que o carisma do Instituto da Beneficência Popular, a devoção ao Sagrado Coração de Jesus, o amor a Eucaristia e a devoção a Nossa Senhora continuem vivos em nossos corações e em toda comunidade de Miguel Burnier.

Finalizo com as palavras do fundador do Instituto da Beneficência Popular, Monsenhor Rafael Arcanjo Coelho, que está anotado no livro do Tombo, do dia 24 de abril de 1945, em sua despedida da comunidade de Miguel Burnier: “Agradeço ao querido e bom povo de São Julião todas as provas de estima, simpatia e atenção e peço ao Coração de Jesus para abençoar a todos, proteger, amparar, defender e enriquecer com suas graças.”

“Tudo por Vós, o Sagrado Coração de Jesus. ”

Atenciosamente,

Padre Mário Marcelo da Costa

Pároco da Paróquia Divino Espírito Santo

Texto: Padre Mário Marcelo da Costa

Foto: Reprodução do Facebook Santuário Miguel Burnier

Agenda