terça-feira

, 23 de abril de 2024

Jovens de Ouro Preto e Lavras Novas serão ordenados sacerdotes em fevereiro

25 de janeiro de 2023 Arquidiocese

O dia 04 de fevereiro será marcado de modo especial para a cidade de Ouro Preto (MG) e o distrito de Lavras Novas: os jovens Allan Júnio Ferreira e André Sabino serão ordenados sacerdotes para o serviço à Igreja e aos irmãos.

Às 10h, pela imposição das mãos do Bispo Diocesano de Colatina (ES), Dom Lauro Sérgio Versiani Barbosa, o Diácono Allan Júnio Ferreira, CM, será ordenado presbítero na Igreja Nossa Senhora de Lourdes, localizada no Bairro Bauxita, em Ouro Preto. Já às 16h, pela imposição das mãos do Arcebispo Metropolitano de Mariana, Dom Airton José dos Santos, será a vez do Diácono André Sabino, FDP, ser sagrado sacerdote na Comunidade de Nossa Senhora dos Prazeres, no distrito ouro-pretano de Lavras Novas.

Filhos da Arquidiocese de Mariana, os jovens seguiram o caminho vocacional em congregações religiosas. Conheça um pouco de cada um deles:

Diác. Allan Júnio Ferreira, CM

Foto: Arquivo pessoal do Diác. Allan

Dacom: Qual é a sua paróquia e cidade de origem?

Diác. Allan: Sou da Paróquia Santa Efigênia, em Ouro Preto (MG).

Dacom: Você é da Congregação dos Padres Lazaristas, certo? O que motivou escolher a vida religiosa e o porquê dessa congregação?

Diác. Allan: O que me levou a Congregação da Missão/Lazaristas certamente foi o carisma vicentino. A Evangelização dos pobres e a formação do clero e dos leigos, a preocupação com as mazelas sociais; a história e o testemunho de inúmeros missionários que doaram a suas vidas para a evangelização dos pobres. Além disso, a Congregação da Missão tem uma rica história no território da Arquidiocese de Mariana: por aqui ficamos na formação dos padres por mais de um século e foi na Serra do Caraça que iniciamos a nossa missão no Brasil, há mais de 200 anos, com a audácia missionária de Dom Viçoso e de Padre Leandro.

Conite da ordenação. Imagem: Divulgação

Dacom: Qual é o lema sacerdotal escolhido?

Diác. Allan: O lema escolhido é “Haverá um só rebanho e um só pastor” (Jo 10, 16b).

Dacom: Quais são as expectativas para a ordenação?

Diác. Allan: As expectativas são grandes, pois é a concretização de uma etapa e o início de uma missão que será permanente. O ser padre para nós, missionários lazaristas, encontra sentido se relacionado com a causa dos mais pobres, a promoção da vida, os valores da justiça e do bem comum. Espero contar com a presença de todos os coirmãos e padres diocesanos, com quem tive a oportunidade de conviver e aprender a ser uma pessoa dedicada à evangelização e promoção dos pobres.

Dacom: Onde fez o seu itinerário formativo e vocacional?

Diác. Allan: O meu itinerário formativo inicial se deu na Arquidiocese de Mariana, onde pude cursar a Filosofia no período de 2012-2014. Após essa experiência diocesana que agradeço profundamente, pois foi um rico período de estudos, pastoral e discernimento vocacional, ingressei no Seminário Lazarista, em 2017, na Etapa do Propedêutico. Em 2019, iniciei o Seminário Interno (noviciado), etapa em que nos tornamos membros admitidos da Congregação da Missão e conclui a Teologia na Faculdade Jesuíta (FAJE), em 2021. Emiti os votos perpétuos no dia 06 de novembro de 2021. Fui ordenado diácono em 30 de abril de 2022 pelo Bispo Auxiliar de Belo Horizonte, Dom Júlio César, na Paróquia Pai Misericordioso, em Belo Horizonte (MG).

Diác. André Sabino, FDP

Foto: Arquivo pessoal do Diác. André

Dacom: Qual é a sua paróquia e cidade de origem?

Diác. André: Comunidade de Nossa Senhora dos Prazeres, em Larvas Novas, pertencente à Paróquia Cristo Rei, em Ouro Preto.

Dacom: Qual é a sua congregação? O que motivou escolher a vida religiosa e o porquê dessa congregação?

Diác. André: A minha congregação é a Pequena Obra da Divina Providência, conhecida como os Padres Orionitas. A minha escolha à vida religiosa foi pelo estilo de vida de Cristo OBEDIENTE, CASTO e POBRE. Outros fatores são o modo despojado de viver, a vida comunitária e missionária. O que me motivou a escolher a Congregação de Dom Orione foi pela história de vida do próprio fundador que tem como lema: INSTAURARE OMNIA IN CHRISTO, acolhendo os mais pobres, os mais necessitados.

Dacom: Qual é o lema sacerdotal escolhido?

Diác. André: “Ai de mim se eu não anunciar o Evangelho” (1 Cor 9, 16) e “… e se necessário também com palavras” (Fonte Franciscana cfr. 43).

Dacom: Quais são as expectativas para a ordenação?

Diác. André: Por ser a primeira ordenação em Lavras Novas, em mais de três séculos de história, grandes expectativas invadem a população lavrasnovense. Toda comunidade abraçou esse grande evento de fé, para poder acolher às pessoas que chegarão de diversas partes do Brasil. Diante de toda essa movimentação, considero importante que eu não seja expectativa para o povo lavrasnovense, mas deixar-nos surpreender por Deus.

Dacom: Onde fez o itinerário vocacional e formativo?

Diác. André: Iniciei o itinerário vocacional no ano de 2011, em Belo Horizonte, no Seminário Dom Carlo Sterpi, localizado no bairro da Pampulha, no qual morei por um ano: seis meses de aspirantado e seis meses de postulantado. No ano seguinte, em 2012, iniciei outra etapa formativa: o noviciado em Brasília (DF) por um ano.

No dia 12 de janeiro de 2013, fiz os meus primeiros votos religiosos: pobreza, castidade e obediência. No mesmo ano, iniciei o primeiro ano de tirocínio em Araguaína (TO) no Seminário Padre Patarello como assistente na formação. No ano de 2014 fui transferido para o estado do Ceará, para fazer o segundo ano de Tirocínio no “Pequeno Cotolengo Dom Orione”, uma casa que acolhe pessoas com deficiências. Dos anos 2015 a 2018, cursei Filosofia no Seminário da Prainha, em Fortaleza (CE). De 2018 a 2022, cursei Teologia e Mestrado em Espiritualidade, em Roma.

No dia 08 de maio de 2021, fiz os votos perpétuo de pobreza, castidade, obediência e fidelidade ao Papa. No dia 08 de dezembro de 2021, fui ordenado Diácono em Roma pela imposição das mãos de Dom Viola, na Parrochia Pio X. No início deste ano, fui designado a assumir o Seminário Dom Orione, em Itapipoca (CE), como Reitor.

Divulgação

Agenda