quarta-feira

, 29 de maio de 2024

Jubileu de Nossa Senhora dos Remédios reúne centenas de pessoas

06 de setembro de 2022 Arquidiocese

No dia 1º de setembro, a cidade de Senhora dos Remédios (MG), Região Mariana Sul, celebrou com grande júbilo sua gloriosa padroeira, Nossa Senhora dos Remédios. Uma multidão saiu de suas casas e foi até a imagem da “Virgem Soberana” prestar sua homenagem, agradecer ou fazer seus pedidos.

Durante os dias do Jubileu, os remedienses e peregrinos receberam graças especiais devido à grande expressão de fé e amor à santa e a seu filho, Jesus Cristo. Em uma só voz, todos louvaram a Deus e elevaram a Ele a sua oração de gratidão e súplica.

Coroação a Nossa Senhora

Neste ano, o Jubileu de Nossa Senhora dos Remédios meditou as virtudes de Nossa Senhora: “a humildade de Maria”, “sua caridade para com Deus”, “sua caridade para com o próximo”, “sua fé”, “sua castidade”, “sua esperança”, “sua pobreza”, “sua obediência” e “ sua paciência”. Foi, sem dúvidas, um período em que todos se colocaram na “escola de Maria” e aprenderam com ela o modo mais eficaz de ser cristão, cultivar a fé e amar seu Filho.

O Jubileu teve início no dia 23 de agosto e contou com a celebração de duas Missas diárias, confissões e a presença de vários padres filhos da terra e convidados.

Dia da padroeira

Fiéis reunidos para celebrar Nossa Senhora do Remédio

No dia 1º, dia da padroeira, foram celebradas três Missas. À noite, uma procissão, com a presença de milhares de pessoas, deu início a última celebração, presidida pelo Reitor do Seminário São José, Monsenhor Celso Murilo Sousa Reis.

No início de sua homilia, Monsenhor Celso ressaltou que da mesma forma que Maria estava na festa de casamento, ela também se fazia presente naquele lugar, nos ajudando a ver seu Filho, Jesus Cristo.

“Nossa Senhora, caros irmãos e irmãs, sabe fazer festa sem se distrair com coisas secundárias, mesmo no momento festivo de descontração, como no casamento de Caná, Maria, não perde a concentração naquilo que é essencial no projeto de Deus. Maria está descontraída em Caná, mas concentrada em Jesus Cristo. Com olhar fixo Nele, ela nos ensina a viver focados naquilo que é essencial”, destacou.

Ao final da celebração, Nossa Senhora foi homenageada pela multidão de pessoas com vários vivas e singelamente coroada pelas professoras veteranas da terra. O Pároco, Padre Wantuil Gonzaga Júnior, encerrou o momento expressando sua gratidão por todos os envolvidos na Festa e por todos os presentes. “Se fosse Padre Egídio aqui […] ele diria: ‘Maravilha, filhos!’ […]. Hoje a gente pode viver essa maravilha, no encerramento do Jubileu, tempo muito especial da graça para todos nós!”, disse.

Sacerdotes presentes no dia da Festa da Padroeira

Texto: Pastoral da Comunicação (Pascom) da Paróquia de Nossa Senhora dos Remédios

Fotos: Marli Resende | Agente da Pascom da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios