sexta-feira

, 12 de julho de 2024

Júbilo e fé: celebração dos 280 anos da Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora das Mercês e Perdões

09 de outubro de 2023 Arquidiocese

Entre os dias 27 de setembro e 1º de outubro, uma atmosfera de alegria e devoção envolveu a Igreja da Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora das Mercês e Perdões (Mercês de Baixo), na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Ouro Preto (MG).

Tríduo solene

No dia 27 de setembro, quarta-feira, marcando o início do tríduo solene, as imagens restauradas da padroeira Nossa Senhora das Mercês e do Senhor Bom Jesus dos Perdões – que também é o padroeiro do templo —, juntamente com os dois cativos que acompanham a imagem de Nossa Senhora, foram entregues à Ordem Terceira e à comunidade. Esse foi um momento genuinamente emocionante, que tocou profundamente o coração dos presentes, ao presenciarem o retorno das imagens completamente restauradas.

Além disso, os lustres que por décadas estiveram danificados e faltando peças, foram também restaurados e voltaram aos seus lugares. O Coral Cristo Rei participou da cerimônia, acrescentando um toque especial à missa e ao tríduo.

Nos dias 28 e 29, o Coro e Orquestra Dom Oscar, um grupo que surgiu em 2019 e se destacou nas cerimônias religiosas em Ouro Preto e na região, brilharam intensamente, enchendo os corações dos presentes com uma profunda conexão espiritual. Na sexta-feira, dia 29, o Coral Tom Maior e o Coral do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG), campus Ouro Preto, também se apresentaram, encerrando o tríduo festivo em homenagem a Nossa Senhora das Mercês de forma magnífica.

Dia do Senhor Bom Jesus dos Perdões e Nossa Senhora da Saúde

No sábado, dia 30, a Ordem celebrou o dia festivo dedicado ao Senhor Bom Jesus dos Perdões e a Nossa Senhora da Saúde, devoções que têm sido mantidas e veneradas por 260 anos, conforme solicitado pelo benfeitor da Ordem, Padre José Fernandes Leite, em 1763. A imagem do Senhor Bom Jesus dos Perdões provém da Capela do Senhor Bom Jesus, que cedeu lugar à atual Igreja das Mercês.

A imagem original de Nossa Senhora da Saúde também esteve presente durante os dias festivos e ficou exposta em seu retábulo, na nave central da igreja. Por muitos anos, essa imagem esteve guardada na Reserva Técnica do Museu do Aleijadinho, juntamente com as imagens da Sagrada Família, Santa Rita e São Rafael, que também retornaram aos seus lugares originais para as comemorações.

Na noite, houve uma missa e uma procissão com as imagens do Senhor Bom Jesus e Nossa Senhora da Saúde, com a participação das Irmandades do Senhor dos Passos de Lagoa Dourada e Tiradentes. A centenária Sociedade Orquestra e Banda Ramalho, da cidade de Tiradentes (MG), enriqueceu toda a cerimônia. Ao final, o Padre Luciano Curvelo de Almeida, vigário paroquial da Paróquia São João Batista, em Tarquinia, Itália, presenteou a Ordem Terceira com uma bênção apostólica e com uma relíquia de São Lourenço, santo venerado pelos mercedários.

Festa em honra a Nossa Senhora das Mercês

O domingo festivo em homenagem a Nossa Senhora das Mercês começou cedo, com a Missa Festiva, às 08h30, presidida pelo Frei Mercedário Marcos do Carmo, Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Ibirité (MG). A missa Solene Cantada, realizada com grande pompa, foi presidida por Dom Edney Gouvêa Mattoso, Bispo Emérito de Nova Friburgo (RJ), e concelebrada pelo Pároco local, Padre Edmar José da Silva, e pelo Padre Luciano Almeida, com o apoio musical da Orquestra Mater Dei, de Rezende Costa (MG).

Já à noite, a missa foi celebrada por Dom Francisco Barroso, Bispo Emérito de Oliveira (MG), e concelebrada por Dom Edney e pelo Padre Edmar. Após a Celebração Eucarística, mesmo com uma leve chuva caindo do céu, ocorreu a procissão com a imagem de Nossa Senhora das Mercês, com um trajeto encurtado, mas igualmente reflexivo, e uma bela homenagem a Nossa Senhora, realizada pela Ordem Terceira de São Francisco de Assis, em frente à sua igreja, emocionando os fiéis presentes. O encerramento das festividades em honra a Nossa Senhora das Mercês aconteceu com o Solene “Te Deum” e a bênção do Santíssimo Sacramento.

A Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora das Mercês e Perdões expressa sua profunda gratidão a toda a comunidade, visitantes e vizinhos da igreja, com destaque para a República Consulado, que disponibilizou seu espaço para servir jantares no sábado, café da manhã no domingo e almoço para todos os presentes nas celebrações. Agradece de forma especial ao Prefeito Ângelo Oswaldo de Araújo Santos, irmão terceiro da ordem, que financiou o restauro das imagens, e pelos responsáveis pelo trabalho, os restauradores Aldo Araújo e Eva Zaldivar. Foram meses de planejamento, organização e árduo trabalho dedicado à comemoração dos 280 anos, mas cada hora de serviço foi prestada com amor e devoção à Virgem Maria, Mãe de Deus e Nossa Senhora das Mercês.

Texto: Marcelo Gonçalves

Fotos: Eliseu Damasceno, Isadora Pena e Christian Dias