domingo

, 14 de abril de 2024

Leigos de Ressaquinha participam de ação missionária em Altamira (PA)

15 de setembro de 2023 Arquidiocese

Ser uma Igreja missionária em saída. É essa a exortação que o Papa Francisco insiste com os fiéis católicos do mundo inteiro. Tendo em mente esse chamado e no espírito do Projeto Igrejas Irmãs, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), 24 leigos da Paróquia São José, de Ressaquinha (MG), estão em Altamira (PA) desde quarta-feira, 13 de setembro, para viverem uma experiência missionária.

Segundo o Padre D’Artagnan de Almeida Barcelos, sacerdote do Clero Marianense em missão na Diocese de Xingu-Altamira (PA), o principal objetivo dessa iniciativa é a implantação do Encontro de Adolescentes com Cristo (EAC) na Paróquia de Nossa Senhora Imaculada Conceição, onde, atualmente, ele exerce o seu ministério.

A ação surgiu após uma visita do Padre D’Artagnan à cidade de Ressaquinha, quando falou sobre os desafios na evangelização dos jovens no município paraense. “Quando fui lá, fiz essa proposta para eles, em vir para ajudar na implantação no Encontro de Adolescentes com Cristo aqui, em Altamira. Eles abraçaram na hora”, conta o sacerdote que estava como pároco na cidade antes de sair em missão.

Além de auxiliar na organização e realização do EAC, durante a experiência missionária, o grupo estará visitando algumas comunidades e aproveitará a oportunidade para conhecer um pouco da Amazônia e da cidade de Altamira. A experiência missionária dos leigos de Ressaquinha segue até o dia 20 de setembro. “Nos alegramos com essa importante iniciativa e rezamos pelos bons frutos dessa experiência missionária”, afirma Padre D’Artagnan.

Projeto Igrejas-Irmãs

Criado em 1972 pela CNBB, o Projeto Igrejas-Irmãs consiste em uma rede de partilha entre as igrejas, oferecendo ajuda espiritual, humana e material. Atualmente, a Arquidiocese de Mariana oferece auxílio missionário na Diocese de Xingu-Altamira, com o Padre D’Artagnan, e na Arquidiocese de Porto Velho (RO), com o Padre Alex Martins de Freitas. “No entanto, a proposta original do projeto é de que a colaboração envolva também os leigos e religiosos, ou seja, as ‘Igrejas Particulares Irmãs’ como um todo”, destaca Padre D’Artagnan.

Fotos: Divulgação

Agenda