quinta-feira

, 30 de maio de 2024

Live discute sobre presença dos cristãos nas redes sociais a partir do novo documento do dicastério de comunicação

31 de maio de 2023 Igreja no Brasil

Nesta quinta-feira, 1º de junho, às 17h, a Pascom Brasil promove um painel para apresentar o documento Rumo à presença plena: uma reflexão pastoral sobre a participação nas redes sociais, divulgado no dia 29 pelo Dicastério para a Comunicação do Vaticano. A live terá como ponto de partida os principais assuntos tratados no texto e o que significa este documento para o momento atual. A transmissão será pelo canal da Pascom YouTube e ficará disponível para ser assistida posteriormente.

O painel será mediado pelo coordenador-geral da Pascom Brasil, Marcus Tullius, e terá os seguintes participantes:

  • Dom Valdir José de Castro, bispo de Campo Limpo e presidente da Comissão Episcopal para Comunicação da CNBB, membro do Dicastério para Comunicação;
  • Joana Puntel, religiosa paulina, jornalista, doutora em Ciências da Comunicação, pesquisadora na área de comunicação, cultura e Igreja;
  • Filipe Domingues, jornalista, analista vaticano, mestre e doutor em Ciências Sociais, vice-diretor do Lay Centre (Roma) e participante do processo de elaboração do documento;
  • Moisés Sbardelotto, jornalista, mestre e doutor em Ciências da Comunicação, professor da PUC Minas e participante do processo de elaboração do documento;
  • Aline Amaro da Silva, jornalista e doutora em Teologia, pesquisadora e professora da PUC Minas.

A vice-diretora da Sala de Imprensa do Vaticano, Cristiane Murray, também terá participação especial na live.

Cristãos nas redes sociais: uma reflexão pastoral

documento, disponível em cinco idiomas, incluindo o português, afirma que o seu objetivo “é promover uma reflexão comum a respeito da participação dos cristãos nas redes sociais, que estão cada vez mais presentes na vida das pessoas. Inspirando-se na parábola do Bom Samaritano, o documento visa dar início a uma reflexão comum, a partir da fé, para fomentar uma cultura de ‘amor ao próximo’ também na esfera digital, com um sentido de pertença, reciprocidade e solidariedade são os pilares para edificar um sentido de comunidade que, em última análise, deveria fortalecer as comunidades locais, capazes de se tornar motores de mudança.”

A inspiração bíblica do documento é utilizada pelo Papa Francisco desde sua primeira mensagem para o Dia Mundial das Comunicações Sociais, em 2014, quando apresenta a parábola do Bom Samaritano como a parábola do comunicador. O documento tem 82 parágrafos, organizados em quatro grandes partes.

  • Atenção às ciladas nas rodovias digitais
    Aprender a ver a partir da ótica de quem caiu nas mãos dos ladrões (cf. Lc 10, 36).
  • Da consciência ao verdadeiro encontro
    Aprender com aquele que teve compaixão (cf. Lc 10, 33)
  • Do encontro à comunidade
    “Cuida dele” (cf. Lc 10, 35) – abranger outros no processo de cura
  • Um estilo distintivo
    Ame… e viverá (cf. Lc 10, 27-28)

Texto – CNBB