terça-feira

, 09 de agosto de 2022

Live reflete sobre os eixos centrais da 6ª Semana Social Brasileira

30 de maio de 2022 Arquidiocese

“Mutirão por Terra, Teto e Trabalho: território, direitos sociais e cidadania” foi o assunto da quarta live sobre a 6ª Semana Social Brasileira (6ª SSB) realizada no último sábado, 28 de maio. O momento de formação é uma das atividades de mobilização da 6ª SSB na Arquidiocese de Mariana e tem a promoção da Equipe Executiva Arquidiocesana e da Escola Fé e Política Dom Luciano.

À ocasião, para ajudar na reflexão da temática, que constitui o eixo central da 6ª SSB, a Representante da Associação dos Moradores Sem Casa de Entre Rios de Minas (AMSCA), Sandra Assis Reis, discorreu sobre os três T’s: Terra, Teto e Trabalho. Em sua fala, ela recordou os ensinamentos do Papa Francisco e a sua preocupação com a Casa Comum, com a moradia e o trabalho.

A segunda conferência foi a do Engenheiro e Assessor Técnico da Cáritas em Minas Gerais, Maurilio Duarte Batista, que falou sobre “Os desafios do atual modelo de mineração e o direito à água”, recordando os rompimentos das barragens de Fundão e do Córrego do Feijão em, respectivamente, Mariana (MG) e Brumadinho (MG). Ainda, à oportunidade, ele citou outras cidades desta Igreja Particular que também sofrem com as consequências da mineração.

Por sua vez, a representante do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe IFMG), Jeanne Botelho, refletiu sobre o mundo do trabalho, especialmente, durante o contexto pandêmico, o fenômeno da “uberização” e a realidade das mulheres no mercado. De acordo com ela, tem-se vivido um novo momento de superexploração do trabalho por meio da “uberização”, ou seja, um capitalismo de plataforma que apropria-se do discurso do empreendedorismo. No entanto, apesar de ser visto como um bom modelo de consumo, as relações de trabalho são afetadas, ocasionando em perdas de direito e precarização.

O momento de formação pode ser assistido na íntegra em:

 

Agenda