sexta-feira

, 19 de agosto de 2022

Mesa redonda relembra os 30 anos da PJ na Arquidiocese

16 de junho de 2017 Arquidiocese

A mesa redonda “PJ da Arquidiocese de Mariana 30 anos de história” marcou o segundo dia do 9° Seminário Arquidiocesano da Juventude nessa sexta-feira (16), em Piranga. O processo de construção da Pastoral da Juventude na arquidiocese, suas lutas e conquistas, assim como as experiências pessoas dos assessores, foram apresentados durante as falas.

A mesa foi composta por Gilson José Oliveira, primeiro assessor arquidiocesano da PJ, Silene Gonçalves, ex-assessora da PJ, Fernanda Barbosa, ex-secretária da PJ, padre Wander Torres, ex-assessor da PJ e o atual secretário da pastoral, Marcos Xavier. Segundo Silene falar da história da PJ é falar, um pouco, da história da sua própria vida. “Sou o que sou hoje porque eu passei pela pastoral”, afirma.

Padre Wander ressaltou que a história é feita por gente, que ela envolve toda a vida e é integral. “A PJ chegou até aqui porque ela foi feita por muita gente, por muito choro, muita luta. E essa história não foi feita sozinha. Mas na articulação dos grupos de base”, disse. Citando uma fala do arcebispo de Mariana, Dom Geraldo Lyrio Rocha, no 8° Seminário Arquidiocesano, padre Wander reforçou a importância de manter essa história viva. “Não deixem a PJ morrer!”

O participante Samuel Gonçalves, do grupo Força Jovem de Barbacena, achou a mesa muito rica. “Boa parte da história eu não conhecia. Então, eu tive a oportunidade de conhecer a beleza e a força dos jovens para mudar a história da sociedade. Esses momentos renovam a vontade de ser PJ”, disse.

O Seminário

O 9° Seminário Arquidiocesano da Juventude está reunindo 170 jovens na cidade de Piranga, Região Pastoral Mariana Centro. Iniciado nessa quinta-feira (15), a programação segue até o próximo domingo, 18 de junho.

Leia também: “Piranga se tornou a casa dos jovens da Arquidiocese de Mariana”, disse o padre Luiz Paixão

Agenda