terça-feira

, 09 de agosto de 2022

Moradores de Padre Viegas apresentam Oratório de Natal

18 de dezembro de 2019 Arquidiocese

A história de Jesus Cristo, desde a profecia até seu nascimento, está sendo apresentada por moradores de Padre Viegas, distrito de Mariana, em paróquias da arquidiocese. Com o título Oratório de Natal, a obra encenada pelo grupo mistura canto e teatro, e foi composta por José Acácio Santana, músico de destaque nacional no canto coral sacro. 

Com uma equipe de 55 pessoas, sendo elas donas de casa, aposentados, pessoas que trabalham fora e estudantes, eles estão divididos em atuação, canto e na equipe de apoio. Para auxiliar nos trabalhos, eles contam com o apoio do  maestro Afonso Júlio Jales.

A cada apresentação, o Oratório emociona as pessoas com simplicidade com que cada detalhe é trabalhado. Neste ano, o grupo já se apresentou em Passagem de Mariana, Rio Doce, Barbacena, Congonhas e Mariana. A próxima apresentação será em Barra Longa, no próximo sábado, 21 de dezembro.

Para a integrante do grupo, Eliane Gomes é gratificante levar a verdadeira mensagem do Natal as pessoas. “Ver a felicidade daqueles que escutam o grupo e a alegria daqueles que fazem parte do grupo ao final de cada apresentação é maravilhoso, é sinal de dever cumprido. A missão do grupo é evangelizar e quando percebo que alcançamos o nosso objetivo dá uma vontade imensa de fazer que essa mensagem chegue a ainda mais pessoas”, ressalta.

História do grupo

O grupo se apresenta há 15 anos. Eles começaram se apresentando no distrito de Padre Viegas e na cidade de Mariana. Aos poucos, eles foram ganhando visibilidade e começaram a apresentar em diversas cidades da Arquidiocese e fora dela. A cada ano, são em média, 10 apresentações.

A ideia de criar o grupo nasceu após a esposa de um dos integrantes ter escutou o oratório de Natal original. “Ela mostrou para o seu marido que gostou muito e comprou o CD. Ele passou o CD para Geraldo de Jesus Gomes (carinhosamente chamado de sô padre), ele ouviu e fez as partituras. Logos após começou a convidar as pessoas da comunidade para montarem a apresentação”, afirma Eliane.

Todos os anos, os ensaios são iniciados em fevereiro. “O grupo se reúne uma vez ao mês. A partir de agostos, os ensaio se intensificam”, explica.

Confira as datas e locais das apresentações deste ano:

Agenda